TDC 2016
São Paulo
Um dos maiores encontros de comunidades e empresas no Brasil

Trilha Infraestrutura Ágil Quebrando paradigmas e evoluindo a sua infraestrutura!!!

Existe uma revolução em curso!!!

A TI fica cada vez mais ágil, e cada vez mais ""software defined"", e o papel do sysadmin neste mundo está mudando, é preciso adaptar-se.

Venha conosco aprender a ser um agile sysadmin numa trilha que conecta os tradicionais domínios dos sysadmins a Devops, DevSecOps e metodologias ágeis.

Evolua sua infraestrutura como um todo garantindo suporte eficiente às operações de TI e desenvolvimento de software, tendo como resultado a garantia da qualidade do negócio.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 Infra ágil: conceito e prática (TRILHA INFRAAGIL NA STADIUM)
Jose Augusto (Guto) Carvalho / Miguel Di Ciurcio Filho
Nem sempre é possível adotar a cultura DevOps em um organização, principalmente em organizações com estruturas muito verticais e antiquadas, mas é possível pelo menos transformar a realidade do seu time.

O modelo infra ágil é fortemente inspirado em DevOps mas tem foco em evoluir o modo de como os times de infraestrutura funcionam, proporcionando melhoria, controle e visibilidade de suas ações através de tecnologias modernas e métodos ágeis.

Nesta palestra vamos falar da transição de uma infraestrutura clássica para uma infraestrutura ágil, vamos abordar 4 princípios (Automação, Entrega, Métricas e Pessoas) que precisam ser repensados e renovados para que sua infraestrutura se torne realmente ágil. Serão apresentados cases reais (Governo e iniciativa privada) de como isso funciona na prática.
11:10 às 12:00 Equipes ágeis de infraestrutura
Jose Augusto (Guto) Carvalho
Em infraestrutura ágil falamos muito de automação, provisionamento, métricas, orquestração mas não podemos esquecer o lado humano da operação. A tecnologia sozinha não resolverá todos os problemas, um verdadeiro time ágil de infra deve saber se comunicar e se relacionar de forma prática e contínua, nesta palestra vamos abordar a transformação cultural e comportamental de um time que está em transição para infraestrutura ágil.
Gerência de configurações ou Orquestração? Entenda a diferença!
Miguel Di Ciurcio Filho
Há muita confusão entre os profissionais de infraestrutura e desenvolvimento sobre o que é Gerência de Configurações (GCONF) e o que é Orquestração, muita gente acha que é a mesma coisa, porém são conceitos totalmente diferentes. O objetivo da palestra é apresentar e esclarecer as diferenças para que profissionais consigam distinguir se uma ferramenta de automação é CGONF ou se é um Orquestrador e se eles precisam de uma ou de outra.
12:10 às 13:00 Desenvolvimento de uma Infraestrutura Ágil com Práticas DevOps
Rafael Oliveira Silva / Gabriela Dias
Quantas vezes você precisou realizar as configurações manuais para criar ou configurar uma infraestrutura. Já imaginou sua infraestrutura sendo versionada e automatizada da mesma forma que acontece com o desenvolvimento de softwares?

Com o surgimento de ferramentas de Virtualização como Docker, OpenStack, Gerência de Configuração como Puppet e Ansible, Versionamento como o Git e Integração Contínua como o Jenkins já é possível tornar sua Infraestrutura Ágil.

Impossível ser DevOps sem InfraÁgil! Essa palestra tem como objetivo mostrar como construir uma infraestrutura Ágil e Automatizada usando ferramentas Open Source, permitindo o provisionamento de servidores para homologar, testar e colocar em produção fazendo a infra integrar-se com a área de desenvolvimento e tendo como resultado um Delivey Contínuo.

Você terá a oportunidade de ver na prática um laboratório que irá provisionar uma InfraWeb com Ngnix, PHP, MYSQL e MemCache com deploy de uma aplicação PHP numa infra baseada em containers Docker onde é aplicado testes tanto da infra quanto da aplicação e só entra em produção se passa em todos os testes.
CHATOPS - Aumentando sua produtividade
Thiago Fortes Silva
A palestra vai falar sobre o que é a automação de tarefas pelo chatops, mostrar alguns serviços disponíveis no mercado como o hubot, capybot, hipchat e o slack.
13:10 às 14:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
14:10 às 15:00 Docker para desenvolvedores: Construindo super comandos
Rafael Gomes
Utilizando imagens docker, e um pouco de imaginação, é possível fazer uso de suas habilidades para iniciar containers de vida curta, que aqui chamamos de "super comandos". Eles terão como objetivo executar alguma atividade específica, com todas as bibliotecas na versão necessária, arquivos de configuração de infraestrutura gerenciado pelo desenvolvedor. Todo processo sendo executado a partir do mesmo agente do serviço de entrega contínua, que nesse caso precisaria apenas ter o docker instalado no sistema operacional, ao contrário do modelo anterior que cada time precisava informar quais as ferramentas precisariam ser instalados para atender a cada nova necessidade.

Com o uso de super comandos é possível compartilhar o mesmo agente de CI/CD para desempenhar papéis distintos e oferecer autonomia para os usuários desse ambiente, ou seja, o desenvolvedor a partir desse momento terá controle de todas as ferramentas que ele precisa no pipeline.

Principais técnicas abordadas na palestra:

Apresentação do problema da falta de autonomia dos desenvolvedores
Demonstração do conceito de super comando
Demonstração do conceito no modelo de pipeline
Demonstração da solução adotada em pipeline
15:10 às 16:00 Versionando sua infraestrutura: Como e porque fazer, baseado em casos reais
Bruno Almeida
Você já ouviu falar dos orquestradores e já ouviu falar também de deploy contínuo / integração contínua. Mas sabe quais problemas operacionais eles corrigem? No que eles nos ajudam na gerência de configuração? Vamos falar dos principais benefícios práticos que eles trazem e apresentar um processo eficiente de Orquestração + Deploy.
16:00 às 16:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de Coffee-break, as mesas de alimentação terão disponíveis café, sucos, frutas e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

16:40 às 17:30 Ferramentas de automação: Puppet
Eduardo Serrano Neves
Em breve mais detalhes.
Ferramentas de automação: Chef
Bruno Almeida
Em breve mais detalhes.
Ferramentas de automação: Ansible
Diego Morales
Quantas vezes você ouviu as frases abaixo ao discutir a automatização de um processo
com um colega, amigo ou cliente?

"Ahh, é muito complicado."
"Ahh, eu tenho um script aqui que já faz tudo o que eu preciso."
"Ahh, essa tarefa aqui precisa de um input humano diferente toda vez, não tem como automatizar."

É complicado mudar, mas o mundo ideal não é alcançado de uma vez só. Além de apresentar
brevemente as caracterísiticas principais do ansible e alguns exemplos básicos, vamos mostrar
algumas formas de uso não ideais, mas que talvez sejam exatamente o que você ou seu colega
precisam para começar a automatizar seus processos.

Pois o ERRADO é não começar a usar infraestrutura como código.
17:40 às 18:30 O que não é DevOps/Infra-ágil (Anti-Patterns)
Fernando Ike de Oliveira
DevOps tornou-se uma buzzword tão amplo e difundido que cabe qualquer coisa, desde cursos LAMP (nada contra) a pós graduação. Vagas de DevOps ?Ninja?, mas o dia-a-dia da empresa é o ?Go Horse?. Então, esta palestra vai mostrar alguns ?causos? (exemplos) sobre o que não é DevOps ou Infraestrutura Ágil.

Nos 20 minutos finais abrir para um debate usando fishbowl para o público da apresentação contar histórias e tentar formatar os principais pontos sobre DevOps Anti-Patterns.
18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Sexta-feira, 8 de Julho de 2016

10:00 às 18:30 h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Vila Olímpia | São Paulo - SP

Informações sobre Data e Local


Público Alvo

sysadmin, devs, devops, devsecops


Investimento

presencial:R$ 200,00

Fazendo sua inscrição (presencial) você terá acesso a esta trilha e também a:
Pavilhão de Stands: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
Área de Makers: Este ano teremos mini-palestras e workshops, chegou a hora de colocar a mão na massa e surfar a internet das coisas.
Lado B: Uma sala com conteúdo adicional e trilhas horizontais, estamos preparando muitas novidades.
Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium, que tem uma seleção de palestras das trilhas de cada dia do evento.


Patrocinadores