TDC 2016
São Paulo
Um dos maiores encontros de comunidades e empresas no Brasil

Trilha Management 3.0 Gestão é tão importante que é uma loucura deixa-la apenas com um pessoa

A velocidade e o dinamismo com que o mundo dos negócios muda, faz com que as organizações melhorem continuamente a forma de viver a gestão em seu dia-a-dia. Existem diferentes ideias acerca do que fazer com o assunto gestão. Muitos acham que a gestão é desnecessária e deve morrer dentro das organizações.

Já outros acham que o papel do gestor que está com os dias contados. Na verdade, devido a complexidade dos cenários corporativos, é difícil determinar qual é a melhor alternativa.

Partindo da premissa que a gestão é importante e que existem uma séria de novos e complexos desafios aos gestores, essa trilha visa compilar diferentes ideias e experiências para explicar o que é e, como funciona a abordagem de Management 3.0.

Essa abordagem foi criada pelo holandês Jurgen Appelo por meio do livro homônimo. Management 3.0 vem se tornando uma importante ferramenta para compreensão e melhoria da gestão em diferentes empresas pelo mundo inteiro.

O ponto chave do sucesso de Management 3.0 são as técnicas e ideias que podem ser usadas para ajudar um gestor a energizar as pessoas, empoderar os times, alinhar as restrições organizações, desenvolver competências, crescer a estrutura empresarial e principalmente, melhorar continuamente o design da própria organização.

Haverão palestras bem dinâmicas, com bastante interação com o público e cheias de exemplos e reflexões para ajudar gestores/líderes a terem ferramentas para melhorar o dia-a-dia de suas organizações.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 O que são Kudo Cards e o que isso influencia na nossa organização
Vinicius Mussak
A palestra consiste em mostrar o que são Kudo Cards, explicar os conceitos, falar dos murais de Kudo, das Kudo box, como um profissional que não se sente motivado pode atrapalhar a equipe, como a falta de comunicação e feedback pode atrapalhar um projeto, como foi implantar as Kudo Cards na empresa onde trabalho e quais foram os resultados alcançados.
Merit Money: Reconhecimento e Recompensa nas Mãos da Equipe
Daniel Assis Alfenas / Heslei Ferreira da Silva
Falaremos deste esquema (realmente) diferente de bonificação, em que todos os colaboradores têm o mesmo poder de recompensar e podem reconhecer o bom trabalho livres de regras definidas fora da equipe. E, claro, falaremos de nossa experiência, com dicas, boas práticas e dificuldades encontradas.
11:10 às 12:00 Consolidando o aprendizado com o learning canvas e o celebration grid
Felipe Rodrigues de Almeida
Empresas criativas experimentam constantemente. Em alguns casos isso resulta em sucesso, em outros casos em falhas. Seja qual for o caso, isso resulta em aprendizado. Como a sua empresa aprende com os resultados? Como potencializar e como consolidar o aprendizado? É possível tornar o aprendizado individual em aprendizado coletivo? Vamos conversar sobre isso.
Learning Log, quando o Learning 3.0 encontra o Training From the Back of The Room
Anderson Diniz Hummel
Esta dinamica é a junção do Learning 3.0 com o Training From the Back of The Room. Seguem os passos dessa dinâmica. 1) No inicio solicitar para os participantes escreverem no modelo de user story o que desejavam aprender nesta sessão em um Post IT amarelo. Como exemplo: ?EU COMO, empreendedor QUERO APRENDER SOBRE novos modelos de negócio PORQUE quero diminuir o risco da minha fintech.? 2) Os participantes formam duplas e as duplas se revezar para quem pedia ajuda e quem ajudava com uma possível resposta para o problema de aprendizado. 3) Executam o passo (2) duas vezes. 4) Os participantes escrevem o que aprenderam em um post it verde (edited) 5) Os participantes colam no Learning Log os post its, cada participante tem sua respectiva área dentro do Learning Log. 6) Ao final de cada interação ou dinâmica de mais que 10 minutos os participantes escrevem o que aprenderam e colam no Learning Log. 7) Ao final da sessão o participante escolhe algo que aprendeu e que se compromete em tentar aplicar, o participante cola um post-it rosa. 8) De forma opcional pode ser usar esse paço adicional de futureperspective. O participante escolhe alguém para lembra-lo do que fez daqui a um mês. O início de qualquer treinamento deve ser focado em conectar o conhecimento atual do participante com o conteúdo proposto. Na perspectiva do Learning 3.0 os participantes logo de início conseguem compartilhar o que sabem para auxiliar o outro participante ( Share is the best way to teach). Da mesma forma, essa dinâmica ajuda a mostrar o quanto cada participante aprendeu (Visualizing thelearning is better than measuring it). Na perspectiva do Training from the Back of the Room é uma excelete dinamica para Connection para o tema no início do treinamento e pode servir de Conclusion para qualquer etapa do treinamento. Ajuda a fazer com que os participantes se movimentem (Movement trumps Sitting), existe a conversa sobre o tema (Talk trumps Listen), existe a consolidação do aprendizado (Writting trumps Reading).
12:00 às 13:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
13:10 às 14:00 Using Emotional Intelligence as the Key to Professional Success
Julián Lorenzo Farrapeira
A Inteligência Emocional é um conceito muito falado, porém pouco conhecido. Na entrevista que realizamos¹ com o professor da Universidade de Yale e um dos criadores do conceito, David Caruso, perguntei para ele: ?Dr. Caruso, você acha que o conceito da Inteligência Emocional é uma moda??. Ele respondeu: ?Se tivesse perguntado nos 10 primeiros anos em que o conceito foi desenvolvido poderia ter falado que sim; mas agora, após 20 anos do descobrimento, não pode ser considerado uma moda e sim uma realidade?. Por isso, entender que os níveis de IE tem uma grande correlação com o desempenho e o crescimento no trabalho é fundamental para criar uma carreira profissional de grande sucesso. ¹ Entrevista realizada em colaboração, e graças a AEDIPE Galicia (Associação Espanhola de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas)
Remote Work: fatos e mitos
Breno Ferreira
Nesta palestra irei falar principalmente sobre as experiências que tenho no emprego atual, onde trabalho remotamente, 100% do tempo, e na empresa anterior, onde trabalhei remotamente, mas não 100% do tempo, somente 4 dias da semana. Irei apresentar como é nossa forma de comunicação com o time e as outras pessoas da empresa, ferramentas utilizadas, quando e por que decidimos nos encontrar pessoalmente e outros desafios.
14:10 às 15:00 Mão na massa: Motivação e Desejos Intrínsecos
Guilherme Flores da Cunha da Motta
"Você sabe o que te motiva? O que te leva a fazer (ou não) alguma atividade? Nesta palestra prática, o objetivo é que todos presentes tenham um entendimento sobre os principais fatores que impactam na motivação dos profissionais no mundo corporativo."
15:00 às 15:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de Coffee-break, as mesas de alimentação terão disponíveis café, sucos, frutas e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

15:40 às 16:30 O Lego Serious Play para o desenvolvimento da organização
Igor Drudi / Rafael Alves Rocha
O método LEGO® SÉRIO PLAY® é um processo que aprimora consideravelmente a capacidade de resolução de problemas de um grupo e pode ser utilizado nas mais diversas problemáticas da organização. E se for usada para empoderar as equipes e estas continuamente orientarem a empresa?
16:40 às 17:30 Mapa de Competências, o método que ajuda a reter talentos!
Annelise Gripp
Mapear competências significa identificar as competências técnicas e comportamentais necessárias a cada cargo, área ou mesmo a todos os colaboradores da organização, fundamentais para o atingimento das estratégias da empresa. Nessa palestra vou ensinar como fazer um mapa!
Liderança não é um cargo
Luciano Medeiros Marcelino
Feche os olhos e pense em uma pessoa que você respeita e admira muito, apenas uma. Essa pessoa é sua/seu chefe? Provavelmente não. Por que? Basicamente por 2 motivos: 1- Porque estamos cercados de líderes ao nosso redor que não tem um cargo de liderança (e isso é ótimo) 2 - Porque você possivelmente é sua/seu própria/o chefe e você não pensaria si mesmo, né? :) O fato é que estamos cercados de líderes sem cargo, mas também cercados de chefes sem liderança. Essa talk levanta essa questão e provoca nas pessoas uma inquietação com relação às suas próprias posturas ou das pessoas ao seu redor. Faço isso elencando características de um/uma verdadeiro/a líder (na minha humilde concepção) e mostrando para o público que esses/as líderes estão em todo lugar: na família, no grupo de yoga, na padaria, em qualquer lugar. Entendendo isso, poderemos ser melhores pessoas, melhores líderes e melhores liderados nessa nova geração super-dinâmica de profissionais.
17:40 às 18:30 Como tratar dependências em grandes organizações?
Raphael Molesim
Dependências é um tema amplamente discutido em diversos frameworks de ágil em escala, nesta sessão eu pretendo trazer um compilado das visões do SAFe, LESS e Nexus, e linkar este conteúdo com arquitetura de software, pois não há como resolver este problema sem trabalhar para reduzir o acoplamento dos sistemas
Como criar organizações com cultura e aprendizado usando o Management 3.0
Thomas Kuryura
Na ultima experiência que eu trabalhei eu possuía total liberdade de trabalhar fora dos times para criar uma cultura de aprendizado na empresa moldando quaisquer processos de gestão, criei essa cultura colaborativa de resolução de problemas. Estes problemas eram apontados pelos próprios colaboradores e considerados ?problemas fora dos times? que eles não poderiam resolver e somente a empresa (ou organização) poderia resolvê-los com um pensamente que eles não fazem parte da organização criando um pensamento ?nós vs eles?. Utilizando várias ferramentas do Management 3.0 e Learning 3.0 criei diversos processos para que claramente os colaboradores começassem a entender que eles faziam parte do problema da organização e também eram empoderados para resolver tais problemas. Após meses facilitando e implantando estas soluções fora dos times (que algumas vezes eles mesmos definiram por completo) algo muito bom começou a aparecer na organização: eles mesmos estavam definindo melhorias e aprendendo com os erros por toda a organização, criando uma cultura de aprendizado e gestão totalmente auto-sustentável.
18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Quinta-feira, 7 de Julho de 2016

10:00 às 18:30 h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Vila Olímpia | São Paulo - SP

Informações sobre Data e Local


Público Alvo

Gestores, Coordenadores, Líderes, Coaches, Agilistas, ScrumMasters, Change Agents


Investimento

presencial:R$ 200,00

online:R$ 90,00

Fazendo sua inscrição (presencial) você terá acesso a esta trilha e também a:
Pavilhão de Stands: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
Área de Makers: Este ano teremos mini-palestras e workshops, chegou a hora de colocar a mão na massa e surfar a internet das coisas.
Lado B: Uma sala com conteúdo adicional e trilhas horizontais, estamos preparando muitas novidades.
Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium, que tem uma seleção de palestras das trilhas de cada dia do evento.


Patrocinadores