TDC 2016
São Paulo
Um dos maiores encontros de comunidades e empresas no Brasil

Trilha Análise de Negócios No cenário do momento os Negócios deixam a simplicidade e necessitam atender as reais necessidades das corporações, e a Análise de Negócio pode ajudá-los nisso!

Seja da maneira tradicional ou ágil, a análise de negócios cada vez mais contribui para a melhoria do processo de criação de soluções de negócio baseadas em software, assim como a obtenção de melhores resultados focados em agregar valor com o mínimo de investimento.

É sob a análise destes temas, com palestras instrutivas e casos de sucesso e fracasso, que esta trilha propõe reunir quem se desafia a conceber soluções para problemas do dia-a-dia de indivíduos e organizações, pensando de fato no cenário econômico em que o país se encontra.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 A importância da negociação para a vida e a TI
Guilherme Flores da Cunha da Motta
Nesta palestra relâmpago de 15 minutos, será feito duas dinâmicas rápidas onde os participantes irão perceber na pratica como negociamos desde que nascemos sem nem perceber e como isto impacta no nosso dia a dia de trabalho. A realidade e o contexto atual de TI nos demonstra que desenvolver e entregar software deixou de ser uma atividade isolada onde os desenvolvedores recebem pedidos e entregam o que esta escrito.
A pesquisa como diferencial competitivo para identificar perfis e alavancar negócios
Diego Motta
Pesquisa como diferencial?! Ela não é um mero diferencial, ela é FUNDAMENTAL. Fundamental para conhecer os usuários do seu produto e/ou as pessoas que vão usar o seu serviço. Mas nem todo mundo faz e nem todo mundo valoriza. Portanto, ela é sim, um grande DIFERENCIAL! Um diferencial competitivo para alavancar o seu negócio. Enquanto não estamos na era do ?todos estão fazendo?, aproveite esse gap e faça diferente, faça melhor! Esta palestra tem como propósitos: mostrar a necessidade da identificação do seu público alvo e da criação de personas, além de mostrar a importância e os tipos de pesquisa que existem e como podem ser aplicadas de forma alinhada com os objetivos do seu negócio. Saiba como entrar no coração e na mente do seu público e torne seu negócio mais assertivo. Todo negócio parte de uma hipótese, e se hipótese sem pesquisa é sorte, com pesquisa é sucesso!
Why service (design)? Como o design pode contribuir para inovação em negócios.
Israel Lessak
Entenda como um facilitador lidera um grupo para um objetivo por meio de uma atividade estruturada, que prevê a possibilidade de pensar livremente, criando serviços e negócios diferenciados.
TRILHA ANÁLISE DE NEGÓCIOS NA STADIUM
Todos os participantes da trilha ANálise de Negócios irão para Stadium assistir estas 3 mini palestras.
11:10 às 12:00 Negociando requisitos em conflito: construindo um backlog de sucesso
Sergio Rodrigues Giraldo
Um projeto de software é uma solução para entregar valor. O backlog que você construiu tem este objetivo claramente porém podemos encontrar arestas. Todo projeto tem diversos pontos de vista sobre a geração de valor. Os stakeholders têm visões diferentes sobre seu software e isto se traduz em histórias que podem ser conflitantes.
BDD - A técnica que facilita entregar software que REALMENTE atende o negócio
Marcelo Menezes Neves
Você trabalha com projetos de software e quer entregar mais do que funcionalidades? Você tem dificuldades em conseguir a participação das pessoas no projeto? Você tem dificuldades em comunicar o porquê daquele projeto? BDD é uma técnica que permite descrever o comportamento de uma solução sob a perspectiva das pessoas que fazem parte do negócio.
12:00 às 13:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
13:10 às 14:00 Melhores Praticas BPMN
Claudia Carolina Boletti
Conhece BPM?Não conhece? Então esta na hora de você conhecer o BPM ou Business Process Management (Gerenciamento de Processos de Negócio) é uma metodologia que facilita o mapeamento de cada processo sem que as informações passem despercebidas, ou seja, ele traz à tona as informações pertinentes aos processos utilizados a fim de que possam ser melhorados. Existem vários casos em que as empresas mudam os seus processos e as demais áreas nem percebem que houve alguma mudança...Certo e aonde entra o BPMN? ou Business Process Model Notation (Notação de Modelagem de Processos de Negócio) é um desenho gráfico onde são mapeados os processos de uma organização através de símbolos, de tal maneira que fiquem melhores e mais organizados, sendo eles orientados ou não por desenvolvimento de software. Nesta palestra vou explicar o que é, quando usar e ensinar as melhores formas de se mapear os processos.
Product Management Playbook
Diego de Sousa da Costa Pereira
Em dois anos, expandimos na Resultados Digitais um time de Produto de apenas 15 RDoers para mais de 80 colaboradores (sendo mais de 10 PMs) com uma mentalidade exaustiva em Produto (e não apenas em Engenharia). Aplicamos nesta escalada uma série de práticas de Gestão de Produto que são referências no Brasil: Atração e Formação de Product Managers, Criação e instrumentação de KPIs de Produto, como ser Data-driven para o Produto, como trazer o usuário (mesmo sendo 1 entre dezenas de milhares) para se tornar participativo e incluso no processo de evolução do Produto. Roadmapping e criação de visão. O que é importante e o que é superficial? Como e quando executar experimentos ou estudos mais aprofundados para fazer a diferença para o Produto? Neste papo quero compartilhar esta experiência como Head of Product da Resultados Digitais e trazer dicas simples e práticas para aplicar nos processos de qualquer empresa que desenvolva produtos digitais.
Pensamento sistêmico no análise de negócios
Edson Shozo Nishi / Mônica Conciani
O pensamento sistêmico é uma poderosa forma de abordar a solução de conflitos e a criação de soluções que os métodos mais lineares não conseguem, possibilitando uma visão sistêmica das pessoas,trabalho e organizações. Uma empresa é um sistema complexo ligado a mecanismos e dinâmicas que se desenvolvem, muitas vezes, inconsciente dentro do sistema, podendo, as vezes, tanto nos dar asas quanto nos paralisar. Utilizando o pensamento sistêmico descobriremos a função que possibilitará varias opções e não apenas uma unica solução.
14:10 às 15:00 Oportunidades na era dos chatbots
Renan Lukas
No último ano, muito se tem falado a respeito de chatbots, especialmente após o anúncio da nova versão da plataforma de mensagens instantâneas Messenger. Descubra quais são as oportunidades dessa nova abordagem para o seu produto.
Cada vez que você diz sim para uma funcionalidade, você está adotando um filho
Caroline Wirtti / Magno de Santana
Acreditamos que cada vez que você diz sim para uma funcionalidade, você está adotando um filho. Falaremos sobre as formas que temos trabalhado para minimizar o desenvolvimento de funcionalidades desnecessárias em produtos para o Governo.
Direto ao Ponto - Criando produto de forma enxuta
Mayra Rodrigues de Souza
Com a Inception Enxuta em uma única semana de trabalho colaborativo entre time ativo do projeto e equipe do cliente, irão compreender os objetivos do produto, os principais usuários, e o escopo funcional de alto nível tal que o tamanho do projeto pode ser estimado e uma estratégia de lançamento incremental dos MVPs possa ser identificada.
15:00 às 15:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de Coffee-break, as mesas de alimentação terão disponíveis café, sucos, frutas e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

15:40 às 16:30 Caro Analista de Requisitos, você faz UX Design e nem sabe disso
Talita Cristina Pagani Britto
Quem atua como analista de requisitos nem sempre tem a percepção do quão próximo está da área de UX Design. Você pode achar que está mais distante de projetar experiências de uso e que sua função é bem mais "de exatas" do que "de humanas", mas ficaria surpreso(a) ao descobrir que a análise de requisitos é gêmea do design de experiência do usuário e há intersecção em várias atividades.
Business Coach, o Analista de Negócios do futuro!
Annelise Gripp
O foco dessa palestra é mostrar o quanto o papel de um Analista de Negócios pode evoluir, quando trabalhamos competências comportamentais para elicitar requisitos com os clientes, atendendo com mais eficiência e rapidez.
Do protótipo ao negócio
Cynthia Zanoni
Mobilidade, IoT e tantas outras inovações trazem ideias e grande oportunidades para criar projetos, sejam eles corporativos, governamentais ou conectados com o mundo todo para resolver problemas. Um passo determinante para o futuro de sua aplicação vai além da escolha da tecnologia... é a maneira que irá apresentar sua ideia às pessoas a sua volta e integrá-la ao mundo real. Nesta palestra você irá aprender algumas metodologias para validar e definir escopo de projetos.
16:40 às 17:30 Pareamento entre PO e Dev - A receita do sucesso
Renan Siravegna / Desirée de Megre Amaral da Silva
Nesse talk iremos exemplificar como entregamos soluções de valor ao nosso cliente. Em um cenário tradicional é muito comum que desenvolvedores fiquem de um "lado" e analistas de negócios de "outro". Isto resulta em vários problemas, como a demora nas entregas, distância da equipe e do cliente, enorme ciclo de feedback do cliente, o time não tem contato direto com o usuário final e tudo isso afeta exponencialmente a chance de falha do software. Iremos relatar como contornamos estas situações e as lições aprendidas. Agora desenvolvedores e analistas de negócios chegam a parear no desenvolvimento de uma feature, buscando entregas de valor para o cliente. Essa parceria deu tão certo que o nosso cliente foi premiado com um selo de qualidade nacional pelo software que fornecemos.
Desafios do desenvolvimento autoral sustentável
Thiago de Oliveira Correia
Quais os problemas do desafios de jogos autorais. Como contornar? Modelos de desenvolvimento. Importância feedback alfa e beta.
Dos requisitos à implantação em uma palestra
Rafael Chaves
Conheça uma abordagem de desenvolvimento que aproxima o analista de negócios do programador e permite comprimir o ciclo de desenvolvimento tal que seja possível produzir, a partir dos requisitos, uma aplicação funcional, testada e implantada num espaço de tempo muito mais curto que a as abordagens convencionais.
17:40 às 18:30 Fishbowl - Inovação na Análise de Negócios
Rafael Barbosa Camargo
Esta sessão reunirá os palestrantes da trilha para uma discussão sobre as inovações e ganhos que a Análise de Negócios pode oferecer em todos os tipos de ambientes, desde startups a grandes empresas.
18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Terça-feira, 5 de Julho de 2016

10:00 às 18:30 h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Vila Olímpia | São Paulo - SP

Informações sobre Data e Local


Público Alvo

Analistas de Negócios (AN), Product Owners (PO), Analistas de Requisitos, Analistas de Sistemas, Gerentes, Arquitetos de Solução e Negócio, Empreendedores e Desenvolvedores.


Investimento

presencial:R$ 200,00

Fazendo sua inscrição (presencial) você terá acesso a esta trilha e também a:
Pavilhão de Stands: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
Área de Makers: Este ano teremos mini-palestras e workshops, chegou a hora de colocar a mão na massa e surfar a internet das coisas.
Lado B: Uma sala com conteúdo adicional e trilhas horizontais, estamos preparando muitas novidades.
Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium, que tem uma seleção de palestras das trilhas de cada dia do evento.


Patrocinadores