TDC 2018
São Paulo
Um dos maiores encontros de comunidades e empresas no Brasil

Trilha DevOps Maximizando a integração entre equipes para entregar valor

DevOps é um dos tópicos mais discutidos do momento. DevOps engloba um conjunto de práticas, ferramentas e interações entre pessoas para aumentar a colaboração, comunicação e integração entre Desenvolvimento (Devs) e Operações de TI (Ops) para entregar software de modo mais eficiente, freqüente e confiável.

Venha conhecer nesta trilha diversas ferramentas, casos de sucesso e dicas práticas de como DevOps pode lhe ajudar e ser aplicado na sua carreira e empresa.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 O poder da abstração - Desfios técnicos e culturais na mudança de paradigma de OPS para DevOPS
Daniel Requena

A tecnologias que sustentam a cultura de trabalho DevOPS mudaram drasticamente as expectativas das áreas de negócio, mas como chegamos nesse ponto? Nessa apresentação, vamos falar sobre como a abstração revolucionou todas as áreas do conhecimento, em especial o desenvolvimento de software e mais recentemente o mundo de infraestrutura. Nesse novo cenário de abstração, quais os desafios profissionais, técnicos e principalmente culturais para um "Sysadmin Raiz" virar a página de OPS para o DevOPS?

11:10 às 12:00 Pipelines avançados para Hypothesis-Driven Development
Edson Yanaga

Nós já automatizamos nossos pipelines. Já sabemos tudo de blue/green e canários. Mas agora nós precisamos alcançar o próximo nível em termos de release de software: precisamos testar nossas hipóteses de negócios. Três diferentes abordagens se destacam nesta área: smart routers, feature toggles e service meshes. Falaremos de todas.

Participe desta palestra para ver muitos demos e deployments com as três diferentes abordagens de A/B testing. Você pode até estar pensando em como fazer A/B, mas nesta palestra você poderá compreender tudo, de A a Z.

12:10 às 13:00 Provisionando pipelines em Jenkins efêmeros em um cluster Openshift.
Cléber da Silveira

Com o aumento de deploys em arquiteturas de microserviços e o aumento de sistemas distribuídos a necessidade de provisionar pipelines escaláveis e redimensionáveis em infraestrutura computacional de acordo o maior ou menor número de deploys de diversos times que praticam DevOps cada vez mais se torna necessária.

Essa palestra tem como objetivo demostrar em pipelines de ambientes de cloud computing e o provionsamento de um jenkins como infraestrutura como código, de forma efêmera, e tendo como ciclo de vida a execução do deploy em específico.

Os pipelines serão criados em um cluster de orquestração em Openshift em uma máquina provisionada na AWS.

Como o Istio facilita deployments (A/B, Canary) entre micro-serviços
Jonh Wendell

Plataformas como o Kubernetes, por exemplo, têm algum tipo de solução para fazer certos tipos de deployments, como A/B. Mas elas não fornecem muita flexibilidade quanto ao deployment em si. Por exemplo: "Quero direcionar 1% do tráfego para a versão v2 da minha aplicação, mas somente para usuários do Firefox".

O projeto Istio vem para facilitar a vida tanto dos sysadmins, que gerenciam a comunicação entre os [micro] serviços da aplicação, bem como a vida dos desenvolvedores, que não precisam mais injetar no código fonte coisas que lidam com a rede, como Circuit Breakers, Retries, etc.

Introduziremos o Istio e mostraremos o que ganhamos o adotando na nossa infra.

13:10 às 14:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
14:10 às 15:00 Como DevOps pode nos fazer melhores desenvolvedores
Pedro Mázala

DevOps não está relacionado somente à cultura da empresa e da equipe. DevOps está diretamente relacionado ao nosso posicionamento como desenvolvedor e sobre como enxergamos os problemas. Aqui vou te mostrar algumas de minhas experiências e como DevOps me ajudou com isso.

Rocket Science: Os bastidores das operações de uma empresa open source
Rodrigo Krummenauer do Nascimento

A história e como funciona hoje o processo de release do Rocket.Chat, ferramentas, processos, decisões e como as pessoas são envolvidas.

15:10 às 16:00 Versione seu banco de dados de forma idempotente e automatizada
Rafael Albuquerque Rasso

Durante a concepção de um software, um dos itens compreendidos no dia a dia de um profissional é o banco de dados. Aliado a isto estão as mudanças que estes bancos de dados sofrem, como por exemplo: criação de tabelas, carga de dados, triggers, etc... E com essas mudanças surgem os arquivos .sql. A medida que a aplicação cresce é comum que o número de arquivos também aumentem e cada vez é mais difícil gerenciar o que já foi ou não aplicado, bem como é gasto algumas horas na execução manual dos mesmos. Nesta palestra demonstrarei como esses problemas podem ser minimizados, aplicando o conceito matemático de idempotência e automatização de migração, com o auxílio da ferramenta flyway.

Bigdata e DevOps porque um precisa do outro?
Natália Raythz / Diego Garcia

A palestra fala sobre a importância de ambas culturas de trabalho para que a entrega contínua fique mais segura e organizada.

16:00 às 16:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de coffee-break, serão entregues kits contendo suco e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

16:40 às 17:30 DevOps Toolchains: Entendendo na prática o papel das técnicas e ferramentas no fluxo do DevOps
Marcell Castelo Branco / João Vinagre

Nesta sessão você vai conhecer o DevOps Toolchain na prática, acompanhando a utilização dos conceitos durante a execução de um ciclo completo de desenvolvimento, entrega e operação, e entender como o fluxo DevOps contribui para melhorar seus produtos e a entrega de valor para o negócio. Vamos simular:

  • o planejamento de Sprints e releases em um ALM usando o monitoramento para contribuir com a priorização das estórias e diminuir débitos técnicos
  • testes automatizados implementados a partir dos critérios de aceitação de estórias
  • as integrações entre ALM, SCM e CI/CD
  • automações de configuração e infra
  • extração de evidencias de testes e de monitoramento
  • utilização de ChatOps
Tire o atraso de seus projetos legados
Rafael Gumieri

Os caminhos para sair da estagnação e revolucionar o ferramental de sua equipe. Como voltar a ser competitivo no mercado recuperando a agilidade, organização, eficiência e estabilidade dos projetos.

Nesta Talk Rafael Gumieri, engenheiro de software na TecnoSpeed, vai apresentar como o DevOps se tornou uma necessidade para resolver os problemas de estabilidade de projetos que precisavam ser mantidos e como foi que conseguiu convencer os demais colaboradores a adotar diversas das ferramentas novas no mercado, passando por controle de versão, containers e até micro-serviços.

17:40 às 18:30 Integração Contínua: Maturidade e Produtividade no Desenvolvimento de Software
Rodrigo Luiz Oliveira dos Santos

Entenda o que é integração contínua, um bate papo informal de como configurar uma pipeline de deploy utilizando Jenkins integrado com GIT e Maven. Vamos falar também sobre Codereview e sua importância no ciclo de sua pipeline de deploy

DevOps? Pergunta no Posto Ipiranga.
Rafael Espinha

Nesta apresentação, a PrimeUp e a Iipiranga irão mostrar a sua experiência na implantação da esteira de DevOps, utilizando um mix de ferramentas open source, como Jenkins, Selenium e Sonar e proprietárias, como o ALM e Build Forge da IBM. Nesta apresentação você aprenderá com os problemas enfrentados, as soluções encontradas e as lições aprendidas durante o processo de implantação e integração das ferramentas e da cultura DevOps no ambiente de TI da Ipiranga.

18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Quarta-feira, 18 de Julho de 2018

10 às 19h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Vila Olímpia | São Paulo - SP

Informações sobre Data e Local


Público Alvo

Desenvolvedores, Sysadmins, Gestores e outras áreas afins


Investimento

presencial:R$ 265,00

online: R$ 100

Fazendo sua inscrição presencial, você terá acesso a esta trilha e no mesmo dia também:
TDC Expo: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.

Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium do mesmo dia.


Palestrantes desta trilha

Cléber da Silveira
Cléber da Silveira
DBServer Assessoria de Sistemas
Daniel Requena
Daniel Requena
Mandic Rivendel
João Vinagre
João Vinagre
Avenue Code
Pedro Mázala
Pedro Mázala
DB1 Global Software
Rafael Albuquerque Rasso
Rafael Albuquerque Rasso
DB1 Global Software
Rafael Gumieri
Rafael Gumieri
@tecnospeed

Patrocinadores

Diamond





Patrocinio TDC Online


Patrocinios e Apoios Trilha e Workshop


Realização

Companhia Aérea Oficial