TDC 2016
Porto Alegre
Um dos maiores encontros de comunidades e empresas no Brasil

Trilha UX Design Validando ideias e construindo negócios centrados no usuário

O mercado digital hoje encontra-se altamente competitivo, com clientes e usuários extremamente exigentes.

Esse cenário tem obrigado as soluções a irem além das funcionalidades básicas baseadas no ponto de vista do desenvolvedor ou do dono da empresa. Muitos negócios já perceberam esta necessidade de propor boas experiências focadas no entendimento das necessidades do usuário como fator fundamental para o sucesso e competitividade de seu produto no mercado.

O user experience design é um conceito que envolve os vários aspectos da relação entre a empresa/produto e o cliente/usuário ao longo de vários pontos de contato. Ao fim dessa jornada pode-se alcançar uma percepção positiva e satisfação plena por parte dos clientes que refletem diretamente o quanto suas expectativas e necessidades foram contempladas ou surpreendidas.

  • _Processos de design
  • _Métodos de pesquisa / UX Research
  • _Lean UX e Ágil
  • _Integração desenvolvedores e designers
  • _Service Design
  • _Visualização de dados
  • Palestras

    Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
    Conteúdo
    08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

    Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

    09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

    Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

    Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

    10:10 às 11:00 Are you talking to me? ou Como podemos prototipar interfaces conversacionais?
    Augusto Rückert
    Uma rápida introdução às interfaces conversacionais, suas características, vantagens e usos. Vamos explorar alguns meios de prototipar esse tipo de interface, através de experimentos e ideias que utilizam alguns softwares livres e outros já estabelecidos no mercado, focando na construção da conversa entre o sistema e o usuário.
    Teste de usabilidade na Sprint; Entrega contínua de boas experiências
    Glauber Lænder
    A maioria das ferramentas e processos ensinados para trabalhar UX de um produto conflitam com os métodos ágeis em sua premissa de trabalhar todos juntos com o mesmo objetivo em suas iterações. Quero apresentar conceitos da UX aplicadas nos métodos ágeis e alguns cases de testes de usabilidade aplicados durante a Sprint. Primeiro paradigma a ser quebrado é de que esses testes devem ser feitos por um profissional especialista. Desenvolvedores, POs, SMs também podem realizar testes e resolver user stories usando técnicas simples de Design Centrado no Usuário. Isso tudo durante a Sprint.
    Mensurando a experiência do Usuário - A importância dos dados para UX
    Huxley Dias
    Frequentemente somos questionados sobre o real valor do design, como justificar o investimento em projetos de UX e como fazemos para medir o sucesso das soluções propostas para cada produto. Nessa palestras vamos entender a importâncias da utilização de dados em projetos de UX, Metodologia, quais ferramentas auxiliam na captura e análise de dados e como utilizar os dados para melhorar a experiência do usuário e mostrar o valor do design.
    Os desafios do UX em uma empresa focada em vendas.
    Rodrigo Peixoto
    Contar um pouco dos desafios a serem enfrentados na venda da área de UX e seus principais benefícios para o usuário dentro de uma empresa vivenciada por mim sendo dores de muitos designers e diversos profissionais de diversas áreas. Em um cenário aonde muito se fala em escalar de forma ágil, o desafio da quebra de paradigmas e cultura organizacional na implantação de uma área de UX em uma cultura estruturada em pool de desenvolvimento, o trabalho de formiguinha do designer para a geração de valor para clientes internos e externos.
    11:10 às 12:00 (User) Data Science - Uma nova ferramenta à disposição do UX Designer (UX DESIGN)
    Wilson P. Gavião Neto
    Data Science (DS) busca extrair conhecimento implícito, previamente desconhecido, e potencialmente útil a partir de grandes repositórios de dados. Atualmente, usuários produzem dados de forma abundante e métodos de User Research (UR) podem ser suplementados com técnicas de DS. No entanto, DS raramente tem sido considerada por times de UX na prática. O objetivo desta palestra é elucidar potencialidades de DS para o profissional de UX. A partir de casos práticos, sugere-se que Data Scientists e Designers trabalhem juntos, demandando uma possível ampliação das habilidades de investigação do Designer que, em lugar de tradicionalmente lançar e verificar hipóteses, tenha de descobri-las.
    12:10 às 13:00 O que diabos signifca proposta de valor?
    Luis Fernando Mizutani
    Objetivo da desta apresentação não é ir muito a fundo em dados, métricas ou ferramentas, mas sim de trazer valiosos "insights" para a criação de produtos e serviços que tenham valor. Nesta apresentação trago algumas reflexões sobre: 1. Exemplos de produtos com proposta de valor (fraca ou confusa) 2. Sobre a diferença entre valor e features 3. Como avaliar se seu produto tem um foco ou proposta de valor central 4. Como a proposta de valor pode estar mais ligada a percepção do usuário e do que ao seu produto 5. Como a forma que você a comunica pode fazer toda a diferença.
    13:10 às 14:00 Intervalo para Almoço
    Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
    14:10 às 15:00 Wow experience: como criar interfaces fáceis e agradáveis de usar
    Diego Motta
    Wooooww! Esta é a interjeição de quem acaba de passar por uma boa experiência. No contexto digital e de UX, isso acontece quando o usuário acha uma interface bela e fácil de usar. Usabilidade na web é tão importante que Nielsen já diria que é questão de sobrevivência. Através de um checklist e de exemplos, a palestra tem como propósitos: clarificar conceitos e dar dicas para quem quer melhorar suas interfaces e não sabem por onde começar. Em um mundo cada vez mais exigente e de usuários cada vez mais avançados, a necessidade de se ter e oferecer boas experiências e aquele efeito "wow" se mostram essenciais na identificação de interfaces fáceis, agradáveis e de sucesso.
    IBM Studios: conhecendo nossos usuários para criar experiências disruptivas envolvendo IoT
    Adilson Chicória
    Nesta palestra iremos mostrar uma iniciativa dos designers e desenvolvedores do IBM Studios São Paulo para aplicar o know-how de Internet das Coisas em soluções para melhorar a experiência de alguns serviços oferecidos para a população do Studio. Mostraremos como envolvemos um time multidisciplinar, auxiliado por ferramentas de co-criação, na pesquisa com os usuários, descoberta de problemas relevantes, definição de personas, design de interface e prototipação para validação da experiência do usuário até a implementação de um MVP.
    Construindo processo de design e produto em Startups e Tech
    Danilo Oliveira / Juscieldo ( Lavi ) Santos
    Iremos abordar processos e etapas na construção de um sistema sólido de desenvolvimento de produto digital passando por fases como "entender, divergir, prototipar e construir". E como isso pode agilizar e otimizar o desenvolvimento de produto no seu dia-a-dia facilitando assim rápidos feedbacks para construir produtos em cima de aprendizados rápidos das dores do usuários, envolvendo todos os stakeholders.
    Organize as UX Tool Boxes
    Marco Bruno
    No dia a dia de trabalho na área de UX, enfrentamos vários problemas. No começo, podemos até não saber o que fazer, mas, com um pouco de criatividade, conseguimos resolvê-los. Nessa palestra vou mostrar e explicar para você as UX Tool Boxes: um lugar criado pela comunidade onde você pode contribuir com a sua solução criativa de UX e descobrir o que outros outros profissionais de UX utilizam para resolver seus problemas cotidianos. Participe dessa sessão, descubra as UX Tool Boxes, discuta e descubra as ferramentas e processos de UX que o mercado está usando e comece já a fazer ativamente parte dessa comunidade.
    15:10 às 16:00 Pesquisa de Campo e a Entrevista Semi-Estruturada
    Edu Agni
    Qual a importância das entrevistas semi-estruturadas dentro da área de design da experiência, e como ela permite ao pesquisador entender o contexto e descobrir a realidade dos seus usuários para alcançar soluções inovadoras.
    16:00 às 16:30 Coffee-break e Networking

    Durante o intervalo de Coffee-break, as mesas de alimentação terão disponíveis café, sucos, frutas e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

    Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

    16:40 às 17:30 UX no processo evolutivo de produto
    Murilo Bispo
    Promover mudanças na cultura e no processo de trabalho são coisas geralmente difíceis, principalmente quando existe um time resistente pela frente. Fizemos isso durante o redesenho do Criador de Sites Locaweb, apesar dos conflitos e problemas, alcançamos bons resultados. O uso de dinâmicas colaborativas foram e são sempre muito importantes, entretanto, as pequenas conversas que acontecem no dia-a-dia do produto podem ser ainda mais valiosas. Aproveitando-as bem, o UX Designer pode ter um papel fundamental na evolução de qualquer produto.
    Testes de Usabilidade com Emoções para Deficientes Visuais
    Henrique Berg
    Avaliar interfaces digitais é uma preocupação de desenvolvedores. Apesar de existirem diversos métodos, apenas os testes de usabilidade são feitos com os usuários finais. O objetivo da palestra é apresentar um protótipo de ferramenta que usa onomatopeias de emoções para avaliar interfaces digitais com usuários com deficiência visual e sem deficiência.
    Conhecendo o comportamento dos usuários a partir de Testes A/B
    Adriane Lemos
    Entender o comportamento dos usuários dos produtos que projetamos é um dos passos mais importantes para uma interface com boa usabilidade e para um projeto ter sucesso. Dentre as técnicas possíveis para conhecer os usuários, os testes A/B são frequentemente relegados a validação e não fazem parte do processo de pesquisa, mas e se utilizarmos esses testes para entender as necessidades dos usuários e tirar conclusões de negócios a partir disso? Nesta palestra irei contar um pouco da minha experiência utilizando testes quantitativos aliados a análises qualitativas para entregar o melhor produto final ao usuário.
    Experiências além das telas
    Daiane da Silva Cardoso
    Estamos sempre pensando em como criar a melhor experiência para os produtos digitais, mas podemos também aplicar as premissas de UX em outros contextos e pensar como os usuários interagem com nossa marca fora das telas.
    17:40 às 18:30 Design antecipatório para projetos de "zero interfaces".
    Priscilla Albuquerque
    Uma forte tendência no universo das interfaces interativas é o uso da tecnologia para antecipar necessidades em um determinado contexto de uso baseado na avaliação de contextos e cruzamento de informações. Unindo as possibilidades tecnológicas e um entendimento de como funciona o processo cognitivo humano abre-se grandes possibilidades de simplificar, reduzir e até eliminar interfaces físicas da forma que conhecemos hoje. Em um cenário próximo a palavra chave da relação humano computador passa a ser a ?interpretação? de contextos e ?antecipação? das ações e solicitações dos usuários levando a sociedade a um novo paradigma no que diz respeito a interfaces e interações comunicacionais.
    18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

    No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

    Após a apresentação de resultados do dia muitos sorteios fecharão o dia.

    Data e Local

    Sexta-feira, 7 de Outubro de 2016

    10:00 às 18:30 h

    UniRitter

    Rua Orfanotrófio, 555
    Alto Teresópolis | Porto Alegre - RS

    Informações sobre Data e Local


    Público Alvo

    Designers Desenvolvedores PO (Product Owner) Empreendedores Curiosos


    Investimento

    presencial:R$ 200,00

    Fazendo sua inscrição (presencial) você terá acesso a esta trilha e também a:
    Pavilhão de Stands: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
    Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium, que tem uma seleção de palestras das trilhas de cada dia do evento.


    Patrocinadores

    DIAMOND


    SILVER


    Apoio


    Patrocinadores de Trilhas


    REALIZAÇÃO