TDC 2016
Porto Alegre
Um dos maiores encontros de comunidades e empresas no Brasil

Trilha Ruby Venha trocar conhecimento sobre a linguagem mais legal da web!

Ruby se consolidou no mercado como uma linguagem que revolucionou a forma como programamos, tornando divertido resolver problemas. Nesta trilha você irá conhecer sobre a linguagem, ferramentas e boas práticas de programação.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 Hora da aventura! Vamos melhorar seu código?!?
Anna Graciela F Cruz
Será que seu código anda dando pesadelo na hora de dar a manutenção? Ou será que ele tá bonitão, dando gosto e simples para extensões e modificações? Vou mostrar nessa palestra como boas práticas como TDD e SOLID, entre outras, simplificam a vida e ajudam a dar uma manutenção mais tranquila nele, sem pesadelos, sem medos...
11:10 às 12:00 Introdução à Programação Funcional com Ruby!
Marcelo Camargo
O objetivo é apresentar o paradigma anexado e à linguagem de programação Ruby (e implementado a partir de suas bases!), usando exemplos concretos. Mostrar como o paradigma pode te ajudar a escrever código com menos bugs e mais expressivo de uma maneira DDD: didática, dinâmica e divertida!
12:00 às 13:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
13:10 às 14:00 Como não fazer do Rails o seu pesadelo
Bárbara Hartmann
Não foi à toa que Rails se tornou uma referência no mundo Ruby: é um framework com boas abstrações e que torna fácil de se ver resultados rápidos. Mas e quando a aplicação cresce e algumas das facilidades se tornam armadilhas? Como escapar delas? Nessa apresentação serão abordados alguns conceitos aprendidos trabalhando com uma aplicação Rails mais complexa, focando naquilo que os tutorias inicias não ensinaram.
14:10 às 15:00 Rust para Rubistas
Cristian Oliveira
Apresentar uma visão geral da linguagem de uma forma simples partindo do ponto de vista de quem vem do mundo Ruby.
15:00 às 15:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de Coffee-break, as mesas de alimentação terão disponíveis café, sucos, frutas e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

15:40 às 16:30 Stack Level too Deep e Tail Call Optimization: É uma boa ideia fazer recursão em Ruby?
Guilherme Baptista
Com a programação funcional sendo tão discutida nos últimos tempos e Elixir ganhando força, acabamos sendo influenciados por seus conceitos e muitas vezes tentamos implementá-los em Ruby. No caso de recursão - uma estratégia clássica de linguagens funcionais - veremos que inicialmente isto pode não ser uma boa ideia. Vamos entender o que é recursão, como funciona uma "tail call", aprender a realizar modificações na Ruby VM e a compilar uma versão customizada de código Ruby com suporte à Tail Call Optimization. Veremos também o que existe de verdade por trás do clássico erro "Stack Level too Deep", o que significa Stack em Ruby e como lidar com suas questões.
16:40 às 17:30 Ruby, Redis e Lua: aumentando performance com scripts customizados
Marcelo Correia Pinheiro
Redis, o famoso banco de dados NoSQL, possui uma boa funcionalidade para aumentar a performance e computar dados e lógica mais complexos: Lua. O banco possui suporte nativo a linguagem para a execução de comandos e scripts. Devido a natureza atômica de algumas operações, você pode utilizá-las em aplicações de alta concorrência. Nesta palestra, veremos como funcionam estas operações em casos de uso que você pode adaptar em seu sistema.
5 Boas práticas para se aplicar em Testes de Aceitação
Lindomar Reitz
Testes automatizados são um dos pilares para entregar um produto com qualidade. Além dos testes de unidade e integração, os testes de aceitação devem ter tanto cuidado quanto esses outros níveis de testes, evitando problemas na evolução/manutenção desse tipo de teste. Nessa talk serão apresentadas 5 boas práticas para melhorar a arquitetura dos seus testes de aceitação.
Melhorando seu código com Law of Demeter e Tell don't ask
Nelson Senna
Orientação a objetos tem princípios importantes para evitar que o código fique difícil de manter. Alguns deles evitam problemas na concepção de abstrações e são mais difíceis de aplicar em aplicações já grandes ou são complicados para que os iniciantes entendam ou demandam um grande refactoring para serem aplicados. Law of Demeter e Tell don't ask são princípios que evitam problemas conceituais nas suas abstrações (e um monte de código repetido por aí), mas, seus "smells" são fáceis de serem detectados. Nessa palestra vamos ver como podemos utiliza-los para melhorar seu código.
17:40 às 18:30 Testes de contrato em um contexto de services e microservices
Bruno Tanoue
A necessidade da mudança de arquitetura dos sistemas para o contexto de services e microservices fez com que um novo tipo de problema surgisse: a quebra de contrato entre o provedor e o cliente. Uma mudança de estrutura ou tipo de dado pelo provedor de serviço pode causar grandes perdas para o cliente, se não for comunicado antecipadamente sobre a mudança. Mesmo que essa comunicação tenha sido feita, é possível que ele não saiba o real impacto. Uma mudança do lado do cliente também pode fazer com que os dados retornem em formato diferente do esperado. Os testes de contrato nesse contexto auxiliam para que não haja um ruído sobre os dados que trafegam em ambos os lados.
18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Sábado, 8 de Outubro de 2016

10:00 às 18:30 h

UniRitter

Rua Orfanotrófio, 555
Alto Teresópolis | Porto Alegre - RS

Informações sobre Data e Local


Público Alvo

Pessoas interessadas em aprender mais sobre Ruby e o que está acontecendo de bacana na comunidade.


Investimento

presencial:R$ 200,00

Fazendo sua inscrição (presencial) você terá acesso a esta trilha e também a:
Pavilhão de Stands: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium, que tem uma seleção de palestras das trilhas de cada dia do evento.


Patrocinadores

DIAMOND


SILVER


Apoio


Patrocinadores de Trilhas


REALIZAÇÃO