Trilha Análise de Negócio

Recomendar soluções para que uma organização atinja seus objetivos

A análise de negócios possibilita entender a estrutura, as políticas e operações de uma organização e recomendar soluções para que uma organização atinja seus objetivos. O analista de negócios age como elo entre os integrantes de uma organização para obter, analisar, comunicar e validar necessidades de alteraçõoes em processos, políticas ou sistemas de informação. Ele entende os problemas e as oportunidades e recomenda soluções. De maneira tradicional ou ágil o papel do analista de negócios vem cada vez mais contribuindo para a melhoria no processo de desenvolvimento de soluções de negócio baseadas em software.

Horário Palestra
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes com café da manhã simples
09:00 às 10:00 Abertura
10:10 às 11:00 10 perguntas que precisam ser respondidas antes de você iniciar o próximo projeto ágil de software
10 perguntas que precisam ser respondidas antes de você iniciar o próximo projeto ágil de software
Marcelo Menezes Neves
Pouco se fala naquilo que o time de desenvolvimento deve saber antes de começar um novo projeto de software. Esse gap pode comprometer o software que está sendo criado e consequentemente não atender as necessidades do cliente. Nessa palestra irei abordar 10 perguntas que todo time de desenvolvimento precisa responder antes de começar a escrever a primeira linha de código e que vai ajudar o time a seguir na direção certa.

Marcelo Menezes Neves
11:10 às 12:00 O que não é Análise de Negócio?
O que não é Análise de Negócio?
Cristiano Hermogenio Heringer
Você tem certeza de estar praticando Análise de Negócio? Como identificar as atividades de análise de negócio no meu dia-a-dia? Quais os erros mais comuns? Como posso melhorar o meu processo com o uso da Análise de Negócios? Essas e outras perguntas serão abordadas de forma exemplificada e prática.

Cristiano Hermogenio Heringer
Eventos Essenciais: garantindo o escopo do seu projeto
Eventos Essenciais: garantindo o escopo do seu projeto
Rogério Saran
A palestra é dividida em 2 partes: na primeira, uma discussão dos problemas comuns de projeto. A segunda é a apresentação da metodologia "eventos essenciais" (que desenvolvi), explicando como se aplica para fechar o escopo de um projeto. Pontos chave: * Por quê o escopo frequentemente está errado. * Como enumerar os elementos do projeto numa forma que o cliente entende. * Identificando lacunas. * Como traduzir isso para software (por exemplo, em use cases). * Estimando esforço usando use case points.

Rogério Saran
12:00 às 13:00 Intervalo para almoço*
13:10 às 14:00 Elaborando hipóteses like a Boss: Nao seja mais um tirador de pedidos e crie valor na sua empresa
Elaborando hipóteses like a Boss: Nao seja mais um tirador de pedidos e crie valor na sua empresa
José Papo
Nessa palestra vamos tratar sobre a importancia de sair do predio e entrevistar usuarios. Vamos mostrar tecnicas uteis associadas a Design Thinking, Lean User Experience e tambem a disciplinas como antropologia e etnografia. Objetivo e mostrar aos analistas de negocio que podemos melhorar muito os produtos e apps atraves de tecnicas orientadas de entrevistas.

José Papo
14:10 às 15:00
Requirement Hacks: Validando Hipóteses like a Boss
Requirement Hacks: Validando Hipóteses like a Boss
José Papo
Hacks e técnicas de "requisitos" para você e sua startup/empresa se tornarem ainda mais produtivos!

José Papo
15:00 às 15:30 Coffee-break & networking
15:40 às 16:30 Um estranho no ninho: um analista de negócios infiltrado em uma empresa ágil
Um estranho no ninho: um analista de negócios infiltrado em uma empresa ágil
Claudio Brancher Kerber
Em julho eu completo nove meses como analista de negócios na Lambda3 e antes de começar lá eu achava que eu era um cara ágil, mas descobri que eu era apenas ?o mais ágil dos tradicionalistas?. Ao longo desses meses minha visão romântica da análise de negócios ágil foi afetada pela administração diária de paradoxos como: ser proxy sem ser proxy, gerenciar sem ser gerente, criar segurança com base no caos, entregar produtos enquanto as pessoas compram projetos e, por fim, talvez o mais complexo de todos: defender o ponto de vista do cliente, mesmo que isso signifique pegar nos pés dos meus próprios amados colegas, o que gerou o título informal de ombudsman. Nessa conversa vou dividir essa ?deliciosa angústia? com você. Se você quiser atuar como analista de negócios ágil (jogar a vida no ?hardcore?) vai ter uma boa noção do que te espera. Se você for desenvolvedor, você vai se divertir muito sabendo do que escapa todos os dias.

Claudio Brancher Kerber
Um estranho no ninho: um analista de negócios infiltrado em uma empresa ágil (STADIUM)
Um estranho no ninho: um analista de negócios infiltrado em uma empresa ágil (STADIUM)
Claudio Brancher Kerber
Em julho eu completo nove meses como analista de negócios na Lambda3 e antes de começar lá eu achava que eu era um cara ágil, mas descobri que eu era apenas ?o mais ágil dos tradicionalistas?. Ao longo desses meses minha visão romântica da análise de negócios ágil foi afetada pela administração diária de paradoxos como: ser proxy sem ser proxy, gerenciar sem ser gerente, criar segurança com base no caos, entregar produtos enquanto as pessoas compram projetos e, por fim, talvez o mais complexo de todos: defender o ponto de vista do cliente, mesmo que isso signifique pegar nos pés dos meus próprios amados colegas, o que gerou o título informal de ombudsman. Nessa conversa vou dividir essa ?deliciosa angústia? com você. Se você quiser atuar como analista de negócios ágil (jogar a vida no ?hardcore?) vai ter uma boa noção do que te espera. Se você for desenvolvedor, você vai se divertir muito sabendo do que escapa todos os dias.

Claudio Brancher Kerber
16:40 às 17:30 A direção é mais importante que a velocidade!
A direção é mais importante que a velocidade!
Rodrigo de Toledo / Rafael Sabbagh
É normal esperar que um time tenha alta velocidade e que queiram atingir um alto desempenho. Porém, fazer a coisa certa é muito mais importante do que a velocidade. Não adianta ir rápido se estamos indo na direção errada! Nesta palestra vamos expor que para focar no certo depende-se de um esforço coletivo dos envolvidos: analistas, P.O., time e gestores.

Rodrigo de Toledo / Rafael Sabbagh
17:40 às 18:30 As virtudes da Análise de Negócios
As virtudes da Análise de Negócios
Fabricio Laguna
Qual a filosofia por traz da Análise de Negócios? Discutir a contribuição da Análise de Negócios sob um ponto de vista mais Filosófico do que Técnico, através da identificação das Virtudes essenciais para a prática dessa disciplina.

Fabricio Laguna
Análise de Negócio e o Gestor moderno
Análise de Negócio e o Gestor moderno
Ricarda Goldoni
Como a análise de negócios pode ajudar o gestor moderno a atingir seus objetivos? O uso da análise de negócio não se restringe somente a atuação do analista diretamente em projetos, podemos exemplificar como as técnicas e competências de AN podem e devem ser utilizadas para elaboração de propostas de desenho de soluções e apresentações em uma consultoria de sistemas.

Ricarda Goldoni
18:40 às 19:00 Encerramento e sorteios

* Todos os participantes receberão um sanduíche na hora do almoço

Obs.: Grade sujeita a alteração

Cristiano Hermogenio Heringer

Cristiano Hermogenio Heringer


Atuando há mais de 19 anos na área de TI, em diversas áreas, entre Gestão de Operações, Negócios e Serviços, Análise de Negócios e Desenvolvimento de Software. Hoje atuo como Delivery Manager na Softtek. Fui voluntário no IIBA-Capítulo São Paulo desde 2010, atuei como Diretor de Comunicação e Marketing (2012-2014). Graduado em Processamento de Dados pela Universidade Mackenzie e MBA em Gestão de Negócios e Tecnologia pelo IPT (USP). Algumas certificações: CSM (Certified Scrum Master), CSPO (Certified Scrum Product Owner), MGT3.0 (Management 3.0), ICI-PCC (Professional Coach Certification) e SLA Coaching PDC (Professional DiSC Certification).


Claudio Brancher Kerber

Claudio Brancher Kerber


Claudio Br trabalha com produtos digitais desde 97. Já brincou de software e hardware, com o site do motel da cidade e com o ERP de uma fábrica e encontrou na Análise de Negócios uma parceira para as empreitadas. Em 2008 estava tão empolgado que traduziu voluntariamente o BABOK 2.0 para o português. Um pouco antes disso, em 2007 estava sentindo que a AN, por melhor desempenhada que fosse, não evitava dificuldades sérias que envolviam a entrega do valor e se enveredou para a agilidade. Isso funcionou? Sim, hoje as suas empreitadas entregam mais valor e mais rápido, mas aprendeu que jogar AN é como jogar no "casual", já jogar AN ágil é como jogar no "hardcore".


Marcelo Menezes Neves

Marcelo Menezes Neves


Marcelo Neves é autor e palestrante em análise de negócios. É certificado CBAP com mais de 20 anos de experiência e é um dos autores da nova versão 3.0 do BABOK ? Corpo de Conhecimento em Análise de Negócios.

É formado em Ciência da Computação e pós-graduado em gestão de projetos pela UFRJ. É autor do livro Managing Business Analysts e do livro Aprenda Análise de Negócios e Conquiste a Certificação CBAP.

Atualmente preside o Capítulo Rio de Janeiro do Instituto Internacional de Análise de Negócios.



Ricarda Goldoni

Ricarda Goldoni


Vinte e Cinco anos de experiência no mercado financeiros, em bancos múltiplos, de investimento e de varejo. Quinze anos de experiência em projetos, como Gerente de Projetos, Gerente de Operações e de Negócios. Relacionamento consolidado junto aos clientes atendidos com forte atuação em recuperação do interesse comercial e estratégico junto às empresas em que trabalhei. Experiência consolidada em implantação e operacionalização de Outsourcing de Aplicativos. Especializações: Certificação ITIL V.3 Foundation Certificação COBIT Foundation 4.1


Cristiano Hermogenio Heringer

Cristiano Hermogenio Heringer


Atuando há mais de 19 anos na área de TI, em diversas áreas, entre Gestão de Operações, Negócios e Serviços, Análise de Negócios e Desenvolvimento de Software. Hoje atuo como Delivery Manager na Softtek. Fui voluntário no IIBA-Capítulo São Paulo desde 2010, atuei como Diretor de Comunicação e Marketing (2012-2014). Graduado em Processamento de Dados pela Universidade Mackenzie e MBA em Gestão de Negócios e Tecnologia pelo IPT (USP). Algumas certificações: CSM (Certified Scrum Master), CSPO (Certified Scrum Product Owner), MGT3.0 (Management 3.0), ICI-PCC (Professional Coach Certification) e SLA Coaching PDC (Professional DiSC Certification).


Rodrigo de Toledo

Rodrigo de Toledo


Rodrigo de Toledo é PhD pelo INRIA na França, com graduação e mestrado pela PUC-Rio. Na área acadêmica, tem diversos artigos internacionais, lecionou por seis anos na PUC-Rio e desde 2010 é professor adjunto da UFRJ. Nos últimos anos, ele tem se dedicado a divulgar os métodos ágeis, organizando eventos como o Agile Brazil (2009/10/11/12), já tendo treinado mais de dois mil profissionais em Scrum, Kanban e práticas ágeis, atuando em empresas como: Petrobras, Microsoft, Banco Central, Peixe Urbano...


Fabricio Laguna

Fabricio Laguna


Primeiro CBAP© da América Latina (CBAP ? Profissional Certificado em Análise de Negócios). Presidente do IIBA Capítulo São Paulo desde 2012. Coordenou o projeto de tradução do Guia BABOK© para a língua portuguesa. Membro da equipa de revisão da versão 3 do BABOK© (em desenvolvimento). Trabalha como consultor e instrutor em Análise de Negócios pela Gigante Consultoria.


Rogério Saran

Rogério Saran


Especialista em informática móvel e convergência digital, Saran hoje lidera a construção do ecossistema de conteúdo e Internet da Positivo Informática, uma oferta completa de conteúdo digital para PCs e tablets. Pioneiro em tecnologia Internet e mobilidade, implantou soluções móveis e web inovadoras no Brasil, incluindo o 1º mobile banking e tecnologia web para agregação de dados on-line.


Claudio Brancher Kerber

Claudio Brancher Kerber


Claudio Br trabalha com produtos digitais desde 97. Já brincou de software e hardware, com o site do motel da cidade e com o ERP de uma fábrica e encontrou na Análise de Negócios uma parceira para as empreitadas. Em 2008 estava tão empolgado que traduziu voluntariamente o BABOK 2.0 para o português. Um pouco antes disso, em 2007 estava sentindo que a AN, por melhor desempenhada que fosse, não evitava dificuldades sérias que envolviam a entrega do valor e se enveredou para a agilidade. Isso funcionou? Sim, hoje as suas empreitadas entregam mais valor e mais rápido, mas aprendeu que jogar AN é como jogar no "casual", já jogar AN ágil é como jogar no "hardcore".


Marcelo Menezes Neves

Marcelo Menezes Neves


Marcelo Neves é autor e palestrante em análise de negócios. É certificado CBAP com mais de 20 anos de experiência e é um dos autores da nova versão 3.0 do BABOK ? Corpo de Conhecimento em Análise de Negócios.

É formado em Ciência da Computação e pós-graduado em gestão de projetos pela UFRJ. É autor do livro Managing Business Analysts e do livro Aprenda Análise de Negócios e Conquiste a Certificação CBAP.

Atualmente preside o Capítulo Rio de Janeiro do Instituto Internacional de Análise de Negócios.



Rafael Sabbagh

Rafael Sabbagh


Rafael Sabbagh é Agile coach e trainer. Ele faz treinamentos e consultorias para pessoas e companhias em todo o mundo através da sua empresa, a Knowledge21. Ele é um Certified Scrum Trainer (CST), o que permite que ele certifique oficialmente pela Scrum Alliance participantes nos seus treinamentos em Certified ScrumMaster (CSM) e Certified Scrum Trainer (CST).


José Papo

José Papo


José Papo é Developer Relations Program Manager no Google. Também já trabalhou na Amazon (AWS) e na Microsoft. É desenvolvedor de software, evangelista de novas tecnologias e mestre em engenharia da computação pelo IPT. Também atua como professor de pós-graduação na PUC-SP. Fala sobre tendências tecnológicas, computação em nuvem, agilidade, inovação e desenvolvimento de produtos em seu twitter @josepapo




Público Alvo

Profissionais que gerenciam ou exercem atividades de Análise de Negócios no seu dia a dia, entre eles: CIOs, Gerentes de Sistemas ou TI em geral, Analistas de Negócio, Gerentes de Projetos, Governança, Business Owners, Analistas de Sistemas, Analistas de


Atenção

Não haverá devolução do valor pago após realização da inscrição.



Fotos do Dia

Confira abaixo, as fotos que foram registradas no dia desta trilha.

Picasa | Link Direto

Facebook | Álbum

Página com todos os Álbuns


Data e Local

Sexta-feira, 12 de Julho de 2013

Das 8:00 às 19:00 h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Itaim Bibi, São Paulo - SP

Mais informações


Patrocinadores TDC 2013 São Paulo Grupo de Software da Intel Oracle Technology Network Microsoft IBM DevMedia InfoQ Brasil Amazon Web Services Google Resource Solutions JetBrains UOLHOST Websolute Triangulum Soluções Webgoal Firefox OS TQTVD Octo Technology Unity Wildtech Farnell Newark Globalcode Anhembi Morumbi