TDC 2019
São Paulo
O encontro de comunidades e empresas no Brasil

Trilha Requisitos Ágeis II Requisitos dinâmicos em um mundo de transformação ágil

A forma de elicitar os requisitos vem mudando ano após ano com a utilização de metodologias ágeis pelo mundo, afim de atender um mercado cada vez mais dinâmico e globalizado.

Como a elicitação de requisitos está sendo executada em projetos ágeis?

Como são gerenciados esses requisitos?

Quais os novos métodos? Quais são as novas práticas.

Qual o novo mindset desses profissionais que estão se adequando à nova realidade?

É isso que esta trilha se destina, para compartilhar as experiências de profissionais e organizações que buscam melhorar as suas soluções.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 Pocket Lean Inception - como fizemos Inceptions que cabem no nosso tempo
Teo Inke
Lean Inceptions são muito úteis, mas sempre há resistência em passar uma semana inteira em dinâmicas. Na XP adaptamos o método para rodar em um dia, e vem rendendo ótimos resultados! Vamos falar como fazemos essa 'Pocket Lean Inception' e quais os prós e contras de cada etapa.
Requisitos e Design: Os processos criativos de um Produto
Bianca Casale Caffaro
É muito importante para o sucesso do produto ou projeto, que a estrutura esteja organizada antes mesmo de começar a desenvolver. Estruturar um conceito e materializar uma ideia não é fácil. Ter um processo de design e definir bem os requisitos antes de desenvolver sua ideia pode economizar tempo e esforço, minimizar os custos e agregar mais valor ao cliente. Vamos apresentar alguns métodos usados no mercado (como Design Thinking, Design Sprint, Crazy Eights) e entender a importância de Requisitos e Design no começo dessa Jornada. Essas duas áreas andam de mãos dadas e possuem um único objetivo: deixar o cliente feliz da maneira mais rápida possível.
11:10 às 12:00 Value Streaming - um time de experiência focado em fluxo de valor, gerando negócios além do desenvolvimento de software
Alessandra Rosa / Patrícia Araujo
Nesta palestra um time multidisciplinar focado em gerar valor para o usuário mobile de um grande banco nacional apresentará um estudo de caso onde o uso das ferramentas de lean atreladas ao design thinking e aos princípios ágeis vem gerando valor, insights e reestruturação de equipes para diversas áreas, considerando as experiências online e off-line do usuário.
Levando a Experiência do Usuário para o DevTeam, o momento do QA e PO unirem forças
Rodrigo Vieira
As suas features de casos de testes são o que o seu produto precisa nesse momento? O QA está próximo do PO o suficiente para alinhar a expectativa do produto e ajudar a fluir isso no DevTeam? Quando obtenho uma visão realista do desempenho do produto, utilizando ferramentas como Google Analytics, posso realizar análises que influenciam os casos de testes, e assim aumentar a cobertura com mais qualidade. QA pensando em comportamento do usuário, se aprofundando no negócio, trabalhando em pair com o PO, ajudando a estreitar o relacionamento entre produto e DevTeam e ainda amadurecendo suas habilidades técnicas! Afinal, o QA deve ser somente técnico ou pensar em negócios também?
12:10 às 13:00 Ágil não é bagunça!
MAISA FONSECA
Um dos maiores equívocos com respeito a agilidade é achar que pra ser ágil, não pode usar documentação. Nessa palestra vamos falar sobre agilidade e requisitos, mostrando possibilidades para a documentação do seu produto.
Transformando a visão da gestão pública um requisito por vez
Edson Orivaldo Lessa Junior
A Gestão Pública é conhecida como burocrática com formalizações e requisitos endurecidos pelo processo, sem falar em funcionalidades que não atendiam o negócio como um todo, mas uma necessidade de um pequeno grupo (muitas vezes uma única pessoa). Nesta palestra irei demonstrar alguns cases e técnicas que obtive sucesso na elicitação dos requisitos, adaptando a cada cenário as técnicas que melhor demonstrem as soluções e prioridades de cada evolução de softwares e serviços prestados realizados na Gestão Pública do Governo do Estado de Santa Catarina.
13:10 às 14:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
14:10 às 15:00 Backlog: a única fonte de requisitos!
Fábio Aguiar
A definição de Backlog no Guia do Scrum se resume em "Backlog é a única fonte de requisitos", com isso, quando falamos de requisitos ágeis podemos afirmar que é "Backlog". Nesta palestra irei apresentar o PBB (Product Backlog Building), uma técnica de criação de backlog, ou seja, uma técnica de construção de requisitos de forma ágil.
Trilhando o caminho da inclusão, plantando empatia e colhendo valor.
Lucas Tito
Tomemos como premissa que cada indivíduo compreende aquilo que viveu. Percebamos que o diferente e a diversidade faz parte do constante aprendizado humano em seus variados campos. E é a abertura a aprender aquilo que se desconhece, muitas vezes tendo como origem a vivência de terceiros, sem julgamentos e com respeito é o que chamamos de empatia. Como esses valores e práticas estão incluídos na agilidade? como eles interferem nos requisitos? quais técnicas usar e como lidar no dia a dia com o que não se conhece? são algumas das perguntas que debateremos nesse encontro e tentaremos responder de forma colaborativa.
15:10 às 16:00 Outcome vs Output
Fabrício Laguna
Contrate uma equipe para desenvolver um software e é isso que eles farão. Antes, vão fazer uma especificação com todas as funcionalidades e requisitos não funcionais para fechar o escopo e te dar um orçamento preciso. Nada de criatividade. “Nos peça e fazemos o que você pediu.” É isso o que vem acontecendo no seu negócio? Você não está sozinho. Muitas empresas vivem a mesma situação com clientes insatisfeitos reclamando que a solução não resolve o “problema” e desenvolvedores inconformados: “Que problema? Fizemos exatamente o que foi pedido! O cliente não sabe o que quer!” Esta situação tem que mudar. Conheça técnicas simples para fazer a transformação em sua empresa!
Levantamento de requisitos em times ágeis - lições aprendidas (da pior forma possível!)
Mariana Elisa Moisés / Jeniffer Lensk
Você já esteve em um time em que todos se esforçavam pra entregar o melhor para o cliente mas a entrega nunca era o que ele esperava? Os requisitos nunca eram bem descritos? A pessoa responsável pelos requisitos estimava sozinha o desenvolvimento sem consular o time técnico? Nessa talk iremos falar sobre nossa experiência em um time pequeno e nada funcional, os erros que cometemos e as lições aprendidas!
16:00 às 16:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de coffee-break, serão entregues kits contendo suco e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

16:40 às 17:30 Uma figura vale mais que mil palavras: validando requisitos com prototipação
Fabricio Ramalho
Com a crescente adoção de metodologias ágeis, a prototipação surge como uma opção de ferramenta poderosa, para validarmos funcionalidades e regras de negócio. Nesta palestra te convido a refletir sobre como mapear requisitos em times ágeis com prototipação.
BUG, Problema, Incidente !!! É um requisito ?
Edson Shozo Nishi / Camila Primasi
Criar requisitos para novas funcionalidade é muito "COOL" e depois de disponibilizar o a funcionalidade em produção acaba a historia ? O que fazer os BUG's ? Como escrever esta historia ? Como priorizar ? Será que as técnicas que utilizei para as novas funcionalidades funcionam ? Vamos compartilhar o aprendizado na criação do banco C6 Bank.
User Story Mapping: Entregando valor
Renata Passarella / Rodrigo Pereira
Como User Story Mapping pode contribuir para a escrita de User Stories que representem um fluxo de trabalho fim a fim e entreguem valor, seja testável e apta para produção; e não apenas uma parte pequena, mas sem valor.
17:40 às 18:30 Facilitando a Vida do PO e Dando Segurança para o Time de Desenvolvimento com o uso do BDD
Rafael Targino / Gleica Reinert

Garantir a qualidade de um produto complexo antes de colocá-lo em produção é pré requisito. Mas como fazer isso em um cenário com centenas de regras de negócio diferentes e específicas por UFs, municípios e clientes? E como garantir que todos os membros do time tenham capacidade de testar, conheçam as regras e se sintam seguros? Nessa palestra, vamos demonstrar como usamos a técnica de BDD com linguagem Gherkin na nossa empresa para fomentar o uso de uma linguagem ubíqua e gerar uma comunicação assertiva entre o Dev Team e o PO. Este case permitiu o compartilhamento de conhecimento, garantindo que as regras e cenários de negócio mais críticos fossem entendidos e automatizados com SpecFlow.

Funil do Produto Enxuto - Os desafios de se entender o que realmente precisa ser feito
Marcelo Menezes Neves
Trabalhar com requisitos ágeis significa procurar entender o que realmente precisa ser feito para entregar ao cliente o que ele precisa. São muitos os desafios na construção de um produto de software. Uma técnica que criei e utilizo é a do Funil do Produto Enxuto. Somente o que passa pelo funil se prova útil de ser implementado. Nesta palestra vamos conversar sobre como funciona e como implementar esta técnica que tenho adotado nos últimos anos para entregar para o cliente aquilo que ele precisa e não apenas o que ele diz precisar.
18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia, muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Quarta-feira, 17 de Julho de 2019

10 às 19h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Vila Olímpia | São Paulo - SP

Informações sobre Data e Local


Investimento

presencial:R$ 290,00

Fazendo sua inscrição presencial, você terá acesso a esta trilha e no mesmo dia também:
TDC Expo: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
Trilha Carreiras: Você poderá assistir às palestras da trilha Carreiras do mesmo dia.
Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium do mesmo dia.


Palestrantes desta trilha

Edson Shozo Nishi
Edson Shozo Nishi
C6 Bank / Globalcode
Fábio Aguiar
Fábio Aguiar
ACCENTURE
Fabrício Laguna
Fabrício Laguna
Gigante Consultoria Empresarial Ltda
Fabricio Ramalho
Fabricio Ramalho
MXM Sistemas
Gleica Reinert
Gleica Reinert
GOVBR - GovernançaBrasil
MAISA FONSECA
MAISA FONSECA
Knowledge21
Mariana Elisa Moisés
Mariana Elisa Moisés
Daitan Group / QA Ladies
Rafael Targino
Rafael Targino
GovernançaBrasil S/A
Rodrigo Vieira
Rodrigo Vieira
Platform Builders
Teo Inke
Teo Inke
XP Investimentos

Patrocinadores

Diamond





Patrocinios e Apoios Trilha e Workshop


Programa +Diversidade


Atendimento Corporativo


Realização

instituição Parceira

TDC Online