Trilha Java

Liberdade e escalabilidade

A linguagem Java vem se reinventando, através de suas diversas atualizações tecnológicas e também por permitir a integração com diversas outras linguagens de programação dentro da plataforma. Além disto, temos no Java um exemplo de comunidade, com uma infinidade de projetos opensource que se tornaram padrões de mercado. Vamos buscar na trilha de Java trazer palestras que mostrem a abrangência que o Java está alcançando, e ferramentas que ajudam desenvolvedores a ter qualidade e escalabilidade nas soluções desenvolvidas. Boas práticas, dicas, e o que temos de mais novo para a comunidade trabalhar. É o que queremos disponibilizar nesta trilha!

Horário Palestra
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes com café da manhã simples
09:00 às 10:00 Abertura
10:10 às 11:00 Java EE 7: Produtividade++ e HTML5 (Stadium)
Java EE 7: Produtividade++ e HTML5 (Stadium)
Bruno Borges
O Java EE começou bem, quando nas primeiras versões resolveu problemas de computação distribuida com padrões e tecnologias abertas. Hoje, estes problemas continuam a existir, mas a tecnologia evoluiu e nos trouxe agilidade e modernidade no desenvolvimento de soluções. Muito mais produtividade e simplicidade para desenvolver aplicações Web, de integração, ou serviços de negócio. Outras tecnologias, como Spring, Wicket, WebBeans, Seam, e tantas outras influenciaram, e continuarão a influenciar. O que esperar agora do Java EE no futuro?

Bruno Borges
11:10 às 12:00 Aplicando Clean Code e DDD em Entidades JPA 2.1
Aplicando Clean Code e DDD em Entidades JPA 2.1
Edson Yanaga
Objetos bem encapsulados, uso adequado de herança, imutabilidade de objetos, princípios de código limpo (SOLID) e prática do Effective Java não são tão usuais quanto se gostaria em equipes de desenvolvimento atuais. A maioria dos desenvolvedores se esforça, mas tem grandes dificuldades em aplicar estas técnicas em sistemas com entidades mutáveis JPA (ou Hibernate). Esta palestra apresentará algumas lições aprendidas em como aplicar estas técnicas num ambiente JavaEE utilizando entidades JPA (ou Hibernate). Também avaliaremos como estas práticas podem ser aplicadas em outras implementações de JPA e JPA 2.1.

Edson Yanaga
12:00 às 13:00 Intervalo para almoço*
13:10 às 14:00 Funcionamento e otimização do Garbage Collector na Oracle Hotspot JVM
Funcionamento e otimização do Garbage Collector na Oracle Hotspot JVM
Serge Gebhardt / Adriano Bonat
Tuning do Garbage Collector da JVM (GC) pode ser uma tarefa assustadora e é sempre associada a alguns tradeoffs. Esta apresentação é baseada em um caso real. Pretende explicar como coletar dados e analisar a performance do GC, explorar o que está por dentro das diferentes estratégias do GC, abordar seus pontos fortes e fraquezas e clarear muitas das opções de inicialização do GC para o Hotspot da JVM da Oracle.

Serge Gebhardt / Adriano Bonat
14:10 às 15:00
Introdução ao NOSQL com Java (Cassandra)
Introdução ao NOSQL com Java (Cassandra)
Otávio Gonçalves de Santana
Os bancos de Dados NOSQL (not only SQL) foram criados principalmente para resolver problemas com aplicações na web que precisam operar com gigantescas cargas de dados além de poder escalar com grande facilidade. Esses tipos de banco de dados vêm sendo usado com muita frequência em redes sociais como Twitter e Facebook, além em persistência de aplicações nas nuvens. Atualmente as grandes e consolidadas instituições financeiras começaram a utilizar devido a necessidade de escalar com grande facilidade a aplicação. Conheça um pouco sobre o conceito e seu uso, além de pôr a mão na massa em dois mais famosos bancos de dados nosql: Cassandra com os frameworks Java mais consagrados: Spring e Java EE.

Otávio Gonçalves de Santana
15:00 às 15:30 Coffee-break & networking
15:40 às 16:30 Escalando o Pé de Feijão - uma História nas Nuvens (Stadium)
Escalando o Pé de Feijão - uma História nas Nuvens (Stadium)
Bruno Souza (JavaMan)
A computação em nuvem é um dos "feijões mágicos" do momento, e o desenvolvedor Java tem a sua disposição um conjunto de ferramentas e opções para entrar no mercado de nuvem. Essa palestra vai explorar ferramentas e estratégias que aproveitam a versatilidade dos ambientes de cloud computing e da tecnologia Java. Partindo de ferramentas open source, veremos como ?escalar o pé de feijão? em busca da flexibilidade da nuvem. Vamos acompanhar Jack, o desenvolvedor Java, e entender como a Tecnologia Java auxilia e potencializa o desenvolvimento para os ambientes de Cloud, e como o desenvolvedor Java pode aplicar os seus conhecimentos atuais nesse novo mercado.

Bruno Souza (JavaMan)
16:40 às 17:30 Refatorar! Porque ninguém gosta de código que cheira mal
Refatorar! Porque ninguém gosta de código que cheira mal
Elias Lima de Souza / Andrei Tognolo
Escrever código de qualidade não é fácil. Alterar código legado, é mais complicado ainda. Como enfrentar essas atividades tão recorrentes? Nessa palestra, vemos que assumir a responsabilidade pelo código de seu time, desenvolver de forma orientada a testes, saber identificar "bad smells" de código e conhecer as técnicas de refatoração são essenciais para produzir um código limpo e sustentável.

Elias Lima de Souza / Andrei Tognolo
TDD e Clean Code, garantia de um desenvolvimento saudável
TDD e Clean Code, garantia de um desenvolvimento saudável
Mauricio Andreazza / Jorge Alex Oleques dos Santos
Uma pessoa é considerada saudável quando leva uma vida regrada, sem fumo, com alimentação equilibrada e praticando atividades físicas regularmente. Um projeto para ser considerado saudável precisa preencher alguns requisitos como uma manutenção simples e rápida, boa cobertura de testes, Test-Drive-Developement (TDD) e Clean Code. O projeto evolutivo talvez seja o maior desafio de um desenvolvimento incremental por isso nessa palestra vamos apresentar as tecnicas TDD, Clean Code e ver como elas podem nos auxilar na criação de um projeto ?robusto? e ?saudável?.

Mauricio Andreazza / Jorge Alex Oleques dos Santos
17:40 às 18:30 JAX-RS 2.0, as novidades do padrão para desenvolvimento REST e o mundo das APIs
JAX-RS 2.0, as novidades do padrão para desenvolvimento REST e o mundo das APIs
Fabio Velloso
Venha conhecer as novidades da API de desenvolvimento de REST da plataforma Java e as novas funcionalidades que irão tornar o desenvolvimento mais simples, produtivo e divertido, bem como os conceitos de desenvolvimento de APIs para integração com parceiros, clientes e devices.

Fabio Velloso
18:40 às 19:00 Encerramento e sorteios

* Todos os participantes receberão um sanduíche na hora do almoço

Obs.: Grade sujeita a alteração

Daniel Wildt

Daniel Wildt


Profissional com +20 anos de experiência. Um pioneiro em Metodologias Ágeis, atuando com o assunto desde 2003. Compartilha conhecimento no youtube.com/danielwildt. Atua como CTO na Zenvia, conselheiro na uMov.me e Professor no UniRitter. Desde 2011, mentor/facilitador na Wildtech, apoiando pessoas na sua busca por excelência.



Dionatan de Souza Moura

Dionatan de Souza Moura


Trabalho como coach ágil nas equipes de desenvolvimento de software na PROCERGS. Mestre e bacharel em Ciência da Computação na UFRGS. Sou professor visitante na pós-graduação da UniRitter. Autor do livro de eXtreme Programming na editora Casa do Código. Trabalho com Java desde 2006, sou coordenador do RSJUG e da trilha Java do TDC Porto Alegre. Possuo as certificações de Certified Scrum Professional CSP, Project Management Professional PMP, Scaled Agile Framework SAFe Agilist, Scrum Master PSM I, Product Owner CSPO, Certified Scrum Developer CSD, Java Programmer OCPJP, testes CTFL, gestão de TI ITILv3 e melhoria de processos de software MPS-BR.


Mauricio Andreazza

Mauricio Andreazza


Mauricio é um entusiasta dos metodos ágeis desde que conheceu ela em 2009 e vem usando e aperfeiçoando seu conhecimento e praticas do XP tais como TDD, codigo coletivo, integração continua, feedback como as envolvidas mais em processos aonde envolvem o Scrum, Lean. É formado em Sistemas de Informação pela Uniritter e atualmente cursa uma especialização em Métodos Ágeis também pela Uniritter. Atualmente atua com Agile Coach e Diretor de Projetos na CanoasTec.


Bruno Borges

Bruno Borges


Gerente de Produtos da Oracle na linha Java EE como GlassFish e WebLogic. Profissional da área há 10 anos, atuou em empresas como EDS/HP, CETIP, Summa Technologies, CETIP, Neociclo e agora arquiteto de sistemas na wdev; desenvolve softwares e soluções em padrões de integração (EIPs), aplicativos Web e aplicativos Android. Participante de comunidades de software livre (RioJUG, SouJava, Apache Software Foundation, #horaextra), fundou o grupo Wicket em Português e contribui para projetos Open Source da ASF.


Fabio Velloso

Fabio Velloso


Fabio Velloso trabalha com Java desde 1996, e desenvolvendo projetos para instituições financeiras, telecomunicações e de varejo usando a tecnologia Java para o desenvolvimento de aplicações baseadas em Java EE, integração de sistemas legados e segurança. Fundador e diretor da SouJava, Fábio possui vasta experiência como palestrante em conferências brasileiras como JustJava, Café Brasil, Abaporu, universidades e outros eventos JUG. Professor na Universidade Federal de São Carlos, e adota ferramentas de open source como NetBeans, Glassfish e Jersey para ensinar SOA, Web Services e REST. Atualmente desenvolve projetos pessoais com Big Data, Cloud, Design Thinking, Service Design e Economia Criativa.


Jorge Alex Oleques dos Santos

Jorge Alex Oleques dos Santos


Jorge Oleques trabalha como desenvolvedor, formado na FTEC de Porto Alegre em Analise e desenvolvimento de sistemas, pós-graduado em eng. de software pela INFNET/FGV de Porto Alegre. Atuando há pelo menos 5 anos com Métodos Ágeis, é um entusiasta por engenharia e arquitetura ágil focado na qualidade e boas práticas com enfase em XP, nas horas vagas pesquisa bastante sobre analise e projetos orientados a objetos e como essa técnica pode auxiliar em projetos evolutivos.


Bruno Souza (JavaMan)

Bruno Souza (JavaMan)


Bruno helps professional Java developers to share their passion so they can grow in their careers and work on amazing projects. Bruno wants every developer in the world to work with other great developers, in life-changing projects. For that he is on a personal crusade to connect developers and communities to their passions, to eliminate boring, low paying work.



Serge Gebhardt

Serge Gebhardt


Serge Gebhardt desenvolve sistemas há 10 anos. Francês-Alemão recém chegado em Porto Alegre, trabalhou anteriormente na Suíça como pesquisador e engenheiro de software no desenvolvimento de dispositivos touchscreen para a visualização de informações e gestão de riscos. Entusiasta de métodos ágeis e entrega contínua, eterno curioso e adepto de open source. Trabalha na ThoughtWorks.


Elias Lima de Souza

Elias Lima de Souza


Formado pela UNICAMP, é desenvolvedor de software há 8 anos, trabalhando com Java e .NET. Ministra treinamentos relacionados a essas plataformas e acredita que a vida é muito melhor com testes e integração contínua!


Andrei Tognolo

Andrei Tognolo


Um idealista que busca transformar utopias em realidade através de well crafted software. Tenho trabalho com desenvolvimento de software desde 2007, com focus em metodologias ágeis, principalmente usando Java, Ruby e JavaScript.

Atualmente sou Senior Consultant Developer na ThoughtWorks, onde trabalho como membro do time de desenvolvimento do Snap CI


Otávio Gonçalves de Santana

Otávio Gonçalves de Santana


Otávio Santana (@otaviojava) is a developer and enthusiast of open source. He is an evangelist and practitioner of agile philosophy and polyglot development in Brazil. Santana is a JUG leader of JavaBahia and SouJava, and a strong supporter of Java communities in Brazil, where he also leads the BrasilJUGs initiative to incorporate Brazilian JUGs into joint activities. He is a cocreator and is also responsible for the Linguagil Group, merger of Java, Ruby, Python, and Agile groups that promotes agility across language-focused communities.



Edson Yanaga

Edson Yanaga


Edson Yanaga, Diretor de Experiência do Desenvolvedor da Red Hat, é Java Champion e Microsoft MVP. Também é um autor reconhecido internacionalmente e palestrante frequente em eventos internacionais, discutindo Java, Cloud Computing, DevOps, Microservices, Domain-Driven Design e Software Craftsmanship.

Yanaga se considera um Artesão de Software, e acredita que todos nós desenvolvedores podemos criar um mundo melhor para as pessoas através de software melhor. Seu propósito de vida é entregar e ajudar desenvolvedores do mundo todo a também entregar software melhor cada vez mais rápido e de modo mais confiável. Hoje seu trabalho, seu hobby e seu objetivo de vida são uma coisa só: e é muito feliz por causa disso.



Adriano Bonat

Adriano Bonat


Adriano Bonat tem mais de uma década de experiência, entregando e mudando a maneira com que são colocados em produção, projetos de software para grandes empresas que atuam em áreas como saúde, educação, entretenimento e e-commerce. Contribui em diversos projetos open-source. Trabalha como consultor na ThoughtWorks, onde mentora times nas melhores práticas para produzir software de qualidade.




Público Alvo

Desenvolvedores de Software, interessados em DevOps, Qualidade de Software, Comunidades Java, Scala, Groovy, Ruby e todas interessados em linguagens que podem ser trabalhadas com a JVM


Atenção

Não haverá devolução do valor pago após realização da inscrição.



Fotos do Dia

Confira abaixo, as fotos que foram registradas no dia desta trilha.

Picasa | Link Direto

Página com todos os Álbuns


Data e Local

Sexta-feira, 25 de Outubro de 2013

Das 8h00 às 19h00

UniRitter - Campus Porto Alegre

Rua Orfanotrófio, 555
Alto Teresópolis, Porto Alegre - RS

Mais informações


Patrocinadores TDC 2013 Porto Alegre Oracle Technology Network Grupo de Software da Intel Microsoft DevMedia InfoQ Brasil Amazon Web Services Google SUCESU-RS Webgoal JetBrains Unity Firefox OS Wildtech Triangulum Soluções Globalcode UniRitter -->