Trilha Arduino e Raspberry Pi

Um Arduino na mão e uma ideia na cabeça. Computação física, Robótica e Automação simples do básico ao avançado

Uma trilha para amantes da eletrônica. Se você faz parte desse grupo, venha aprender conosco do básico ao avançado sobre temas como: Arduino, Robótica, Eletrônica, RFID, Raspberry Pi e muito mais. . Um dia cheio de trocas incríveis com outros interessados. Ainda, haverão variadas apresentações curtas de interessantes projetos amadores e profissionais. Participe.

Horário Palestra
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes com café da manhã simples
09:00 às 10:00 Abertura
10:10 às 11:00 Java, Raspberry Pi e a Internet das Coisas (Stadium)
Java, Raspberry Pi e a Internet das Coisas (Stadium)
Vinicius Morandin Senger
Java, Raspberry Pi e a Internet das Coisas

Vinicius Morandin Senger
11:10 às 12:00 Blind Counter-Strike
Blind Counter-Strike
Diogo Costa
Na apresentação apresentarei um jogo criado para deficientes visuais do gênero FPS. Para tornar acessível foi desenvolvidos hardwares específicos que se comunicam com o computador através de um Arduino.

Diogo Costa
Conhecendo o ADK (Accessory Development Kit)
Conhecendo o ADK (Accessory Development Kit)
Ricardo da Silva Ogliari
ADK é uma implementação do Google do Arduino, visando a criação de novos hardware para aparelhos com sistema operacional Android. A comunicação entre hardware e aplicativo é feita através de um protocolo específico, conhecido como AOA (Android Open Accessory). Nesta palestra (pode ser de 15, 25 ou 45 minutos) será desmistificado o ADK, além de apresentarmos algumas demonstrações envolvendo Android e este "Arduino powered Google".

Ricardo da Silva Ogliari
12:00 às 13:00 Intervalo para almoço*
13:10 às 14:00 A importância do JavaFX para o mercado Embedded
A importância do JavaFX para o mercado Embedded
Bruno Borges
Entenda os benefícios que a plataforma JavaFX traz no desenvolvimento de aplicações para o mercado Embedded com Arduino e Raspberry.Pi, e porquê você deveria conhecer a plataforma Java Embedded Suite

Bruno Borges
14:10 às 15:00
Videogames baseados em Software e Hardware Livre
Videogames baseados em Software e Hardware Livre
Lucas Fialho Zawacki / Joel Martins Grigolo Júnior
O Mategame é um projeto dos membros do Hackerspace Matehackers, que visa o desenvolvimento de uma plataforma de hardware (Arduino/Hackvision) e software livre para criação de um videogame. Os jogos podem ser programados em linguagem C e jogados plugando o Mategame numa televisão. O primeiro protótipo foi construído baseado na placa Mateduino desenvolvida com peças de baixo custo e protótipos posteriores incluem um shield para Arduino e um kit desenvolvimento com exemplos de código e um emulador.

Lucas Fialho Zawacki / Joel Martins Grigolo Júnior
15:00 às 15:30 Coffee-break & networking
15:40 às 16:30 Se você é .NET, você é Netduino!
Se você é .NET, você é Netduino!
Marcio Paulo Mello Martins
A palestra se trata de uma introdução ao Netduino, um microcontrolador que tem as mesmas características do Arduino, mas voltado para os programadores de linguagens .NET. O objetivo é incentivar o programador .NET a conhecer o Netduino antes de optar por aprender a linguagem do Arduino, já que o Netduino utiliza C# ou VB.NET, linguagens padrão .NET de mercado. Os tópicos apresentados serão: - Introdução ao Netduino - Introdução ao .NET Microframework - Arduino X Netduino - Experiência 1: Fita de LEDs endereçáveis - Experiência 2: Ventilador de velocidade variável - Experiência 3: Controle de motor de passo via rede Wireless

Marcio Paulo Mello Martins
16:40 às 17:30 Ensino de Simulação e Controle de Processos Químicos Usando Arduino
Ensino de Simulação e Controle de Processos Químicos Usando Arduino
Renato Dutra Pereira Filho
A proposta de mini palestra envolve a apresentação da experiência do autor com o uso do Arduino no desenvolvimento e implementação de simuladores dinâmicos de processos químicos, no âmbito de uma disciplina de graduação em Engenharia Química de uma Universidade. Foi adaptado o código de um simulador de processos para o C/C++ do IDE Arduino , retirado da literatura clássica de Controle de Processos Químicos (Luyben, 1996), que originalmente foi feito em FORTRAN, para testar o desempenho numérico do processamento no Arduino ATMEGA 328, através do uso de um clone do Arduino Nano, o Funduino, se comunicando com a portal serial de um notebook. Posteriormente, sete conjuntos de Arduinos foram distribuídos entre os estudantes divididos em grupos da disciplina de Controle de Processos Químicos do curso de Engenharia Química da FURG - Rio Grande - RS, com o intuito de que cada kit funcionasse como simulador caixa preta para que os estudantes tivesse que identificar a dinâmica do processo simulado e sintonizassem um controlador PID, embutido no próprio programa simulador executado no Arduino. Além do teste do desempenho do processamento na frequência do microcontrolador Atmega 328, era uma preocupação a possibilidade de erros de truncamento advindos da precisão numérica limitada virem a interferir nos resultados das simulações numéricas. Mais tarde o mesmo código foi implementado em Arduino Due (32 bits) com o intuito de avaliar a diferença de desempenho. Os tópicos a serem apresentados dizem respeito à contextualização do "case", a motivação pelo uso da plataforma de hardware livre Arduino, as dificuldades na implementação e adaptação do código do simulador do sistema químico estudado (conjunto de 3 reatores contínuos em série), o uso da porta serial no Arduino para saída e entrada, especificamente para a entrada das opções de execução via teclado, as dificuldades da adaptação dos estudantes para usar o Arduino, e o fechamento do relato.

Renato Dutra Pereira Filho
17:40 às 18:30 Automação e Prototipagem rápida com Arduino e Sensores
Automação e Prototipagem rápida com Arduino e Sensores
Juliano Dal Pont
Em breve descrição

Juliano Dal Pont
18:40 às 19:00 Encerramento e sorteios

* Todos os participantes receberão um sanduíche na hora do almoço

Obs.: Grade sujeita a alteração

Lucas Fialho Zawacki

Lucas Fialho Zawacki


Programador, músico e ávido jogador de video-gueimes. Lucas Fialho Zawacki trabalha na empresa Mconf Tecnologia e é um tremendo entusiasta do software livre. Além disso é um dos organizadores do Matehackers, o primeiro hackerspace do Rio Grande do Sul.


Alexandre Becker

Alexandre Becker


Alexandre é um dos responsáveis pelo surgimento e existência do Matehackers. Um dos melhores exemplos de hacker do grupo, ele já organizava o Espaço de Tecnologia Livre de Porto Alegre antes de se juntar ao Matehackers. É entusiasta e hacker da eletrônica, além de também flertar com a área de software.


Lucas Fialho Zawacki

Lucas Fialho Zawacki


Programador, músico e ávido jogador de video-gueimes. Lucas Fialho Zawacki trabalha na empresa Mconf Tecnologia e é um tremendo entusiasta do software livre. Além disso é um dos organizadores do Matehackers, o primeiro hackerspace do Rio Grande do Sul.


Joel Martins Grigolo Júnior

Joel Martins Grigolo Júnior


Sociólogo formado pela UFRGS, entusiasta em eletrônica: analógica: áudio hi-fi, digital: microcontroladores. Mecãnica: recuperação de Toca-Discos, construção de CNC, etc... Design utilizando photoshop, sketchup, blender, etc.


Juliano Dal Pont

Juliano Dal Pont


Juliano Dal Pont é engenheiro de controle e automação, sócio da Webtronico Componentes Eletrônicos e membro do Matehackers. Já trabalhou com desenvolvimento de software no Brasil e Itália. Atualmente trabalha com desenvolvimento de hardware. Inventor por hobby (ou não) possui algumas patentes na gaveta e outras registradas.


Marcio Paulo Mello Martins

Marcio Paulo Mello Martins


Bacharel em Ciência da Computação e Pós Graduando em Engenharia de Software, trabalha como Analista Desenvolvedor Senior na FCamara Formação & Consultoria, atuando como consultor na Unimed do Estado de São Paulo. Desenvolve softwares corporativos e jogos desde 1988, e escreve para sites e revistas especializadas desde 2008. Também é escritor e realiza projetos de automação residencial com o Netduino.


Vinicius Morandin Senger

Vinicius Morandin Senger


Trabalha com desenvolvimento de software desde os 13 anos de idade foi instrutor e consultor da Sun Microsystems e fundou a Globalcode. Trabalha com Java desde há mais de 10 anos com foco em Java EE e embarcados. Adepto ao movimento de hardware open source desenvolvendo projetos de automação e robótica de baixo custo.



Bruno Borges

Bruno Borges


Gerente de Produtos da Oracle na linha Java EE como GlassFish e WebLogic. Profissional da área há 10 anos, atuou em empresas como EDS/HP, CETIP, Summa Technologies, CETIP, Neociclo e agora arquiteto de sistemas na wdev; desenvolve softwares e soluções em padrões de integração (EIPs), aplicativos Web e aplicativos Android. Participante de comunidades de software livre (RioJUG, SouJava, Apache Software Foundation, #horaextra), fundou o grupo Wicket em Português e contribui para projetos Open Source da ASF.


Ricardo da Silva Ogliari

Ricardo da Silva Ogliari


Desenvolvedor Sênior Android. Bacharel em Ciência da Computação. Especialista em Web: Estratégias de Inovação e Tecnologia. MBA em Aplicativos e Jogos Móveis. Co-autor do livro Android: do Básico ao Avançado. Mais de 340 publicações entre livro, artigos em revistas e sites especializados, palestras e workshops. Um dos 10 nomes do Open-Hardware em 2013, eleito pela revista iMasters.



Renato Dutra Pereira Filho

Renato Dutra Pereira Filho


Professor da Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Controle de Processos Químicos e Bioquímicos, atuando principalmente nos seguintes temas: modelagem e automação de bioprocessos e processos químicos através do uso de ferramentas de inteligência artificial e computação natural. Tem interesse por P&D através do uso de microcontroladores Arduino na área de automação de Processos Químicos e de Bioprocessos. Utiliza Arduino para o Ensino de Automação e Controle de Processos, a fim de implementar na prática atividades enriquecedoras para os estudantes,a fim de módulos experimentais de construção própria e de baixo custo.



Diogo Costa

Diogo Costa


-Bacharel em Ciência da Computação pela UFRGS -Desenvolvedor mobile e asp.net na Mobiltec -Interesse em dev games, dev mobile e interação humano-computador




Público Alvo

Programadores e hobbistas de qualquer nível de experiência e idade.


Atenção

Não haverá devolução do valor pago após realização da inscrição.



Fotos do Dia

Confira abaixo, as fotos que foram registradas no dia desta trilha.

Picasa | Link Direto

Página com todos os Álbuns


Data e Local

Sábado, 26 de Outubro de 2013

Das 8h00 às 19h00

UniRitter - Campus Porto Alegre

Rua Orfanotrófio, 555
Alto Teresópolis, Porto Alegre - RS

Mais informações


Patrocinadores TDC 2013 Porto Alegre Oracle Technology Network Grupo de Software da Intel Microsoft DevMedia InfoQ Brasil Amazon Web Services Google SUCESU-RS Webgoal JetBrains Unity Firefox OS Wildtech Triangulum Soluções Globalcode UniRitter -->