Trilha NoSQL

SQL, NoSQL ou NewSQL: Onde armazenar meus dados?

Nos últimos 30 anos tem-se vivido a hegemonia dos bancos de dados relacionais, a grande bala de prata da TI. No entanto, em 2009 surgiu o movimento noSQL que além de trazer novas opções de ferramentas e modelos de dados, criou uma nova escola de pensamento. Esta nova escola tem exercido forte influência nos tradicionais bancos de dados relacionais, emergindo uma nova classe de ferramentas, chamada NewSQL. Esta trilha irá explorar as diferenças e similaridades entre SQL, NoSQL e NewSQL bem como apresentar e explorar algumas das principais ferramentas disponíveis.


Público Alvo

Desenvolvedores, DBAs, DevOps e Interessados.


Horário Palestra
08:30 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes com café da manhã
09:00 às 10:00 Abertura
10:10 às 11:00 Guia para tecnologias NoSQL
Guia para tecnologias NoSQL
Edward Ribeiro
Você se perde quando lê ou ouve termos associados ao NoSQL como Gossip, CAP, Hinted Handoff e Consistent Hashing? Você tem dúvidas quais as implicações desses termos no sistema NoSQL que você está avaliando? Nesta palestra iremos solucionar suas dúvidas sobre estes e outros termos normalmente utilizados pela comunidade NoSQL, mas podem desnortear o novato nas tecnologias. As tecnologias NoSQL são prismas com várias faces. Quais as implicações técnicas? O que você ganha ou perde ao adotar um NoSQL baseado em cada uma dessas facetas? Quais soluções NoSQL adotam tais tecnologias?

Edward Ribeiro
11:10 às 12:00 NoSQL e Big Data na Nuvem: Exemplos Práticos utilizando Amazon Web Services
NoSQL e Big Data na Nuvem: Exemplos Práticos utilizando Amazon Web Services
José Papo
Vamos falar sobre os benefícios que a Nuvem fornece para arquiteturas que necessitam de alta escalabilidade e disponibilidade para soluções NoSQL. Vamos falar sobre as várias formas de se utilizar bancos de dados NoSQL na Nuvem da AWS

José Papo
12:00 às 13:00 Intervalo para almoço*
13:10 às 14:00 Redis na prática
Redis na prática
Tiago Albineli Motta
O Redis é um banco de dados não relacional (NoSql) atípico, ao contrário da maioria que guarda documentos ou apenas chave/valor, ele guarda e gerencia estruturas de dados. Nesta palestra demonstrarei como no Musica.com.br utilizamos divesas dessas estruturas como Sets, Queues, SortedSets e Hashes para tornar o site mais dinâmico e escalável, sem perder a integridade das informações.

Tiago Albineli Motta
14:10 às 15:00
Neo4 o quê? Uma visão prática de banco de dados orientado a grafos
Neo4 o quê? Uma visão prática de banco de dados orientado a grafos
Eder Ignatowicz
Nesta palestra pretendo apresentar uma visão prática da teoria de grafos e de banco de dados orientados a este paradigma e demonstrar porque bancos de dados relacionais cada vez mais tornam-se incapazes de atender as necessidades das aplicações de grande porte. Também pretendo demonstrar na prática porque o Neo4j "kick some asses".

Eder Ignatowicz
15:00 às 15:30 Coffee-break & networking
15:40 às 16:30 Bancos orientados a colunas (Cassandra)
Bancos orientados a colunas (Cassandra)
Otávio Gonçalves de Santana
Os bancos de dados não relacionais (NoSql) a cada dia tem se tornado mais real no cotidiano dos desenvolvedores web, o crescente numero de projetos que adotaram essa tecnologia não nos deixa fugir da realidade que se você ainda não usuou, provavelmente em um futuro bem próxima mas bem próximo mesmo vai usar. Os diferentes tipos de nosql (Orientado a documentos, Chave Valor, Orientado a Colunas) torna indispensável o conhecimento dos tipos e suas principais vantagens, para que se possa escolher de forma correta a tecnogolia NoSql que mais se adapta ao seu projeto. O brasil tem se mostrado bastante interessado nos bancos de dados não relacionais, mais uma pesquisa minha mesmo, própria e que não tem dados específicos, mas vamos chutar ai ! que a grande maioria se fala bastante de nosql?s orientados colunas tipo mongo couch, e uma pequena porcentagem de chave valor, outra quase nula de ?orientados a coluna?, porrisso pra tentar mostrar que os bancos orientados a colunas também funcionam,a palestra propoem conhecer e entender os bancos de dados orientados a colunas, e se estudando um dos mais conhecidos da rede o famoso Cassandra, banco de dados conhecido por ser utilizado pelos maiores aplicativos web desta geração (Twitter, Faceboock). Aprincipal idéia é tentar mostrar como os bancos orientados a colunas trabalham como eles organizam os dados, dentro do cassandra mostrar as ferramentas que pode ser utilizada para gerenciar um grande volume de dados, (clusters, replication). tentando mostrar também de como o cassandra trabalha.

Otávio Gonçalves de Santana
16:40 às 17:30 Apresentando o HyperGraphDB
Apresentando o HyperGraphDB
Vitor Monteiro Puente
O mundo dos banco de dados NoSQL está cada vez maior. Novos bancos surgem a todo momento com foco em soluções específicas. O HyperGraphDB, banco de dados baseado em hipergrafos, oferece uma solução para problemas onde relações binárias entre nós não são suficientes.

Vitor Monteiro Puente
Armazenamento de Dados para Web Semântica
Armazenamento de Dados para Web Semântica
Alexandre Gomes Gaigalas
A Web Semântica é uma iniciativa do W3C que tem ganhado força, adesão de governos (inclusive o brasileiro) e grandes corporações. Conheça como a Web Semântica funciona e os bancos de dados específicos para trabalhar com essa tecnologia.

Alexandre Gomes Gaigalas
NoSQL for Search - Riak
NoSQL for Search - Riak
Thiago Avelino
Entendendo com um mecanismo de busca trabalha e como é possivel ter um banco de dados com mecanismo de busca escalavel sem dor de cabeça. Riak é um banco de dados chave/valor com algumas características voltada para controle total de memoria, para fazer persistencia por padrão é usado o LevelDB (Banco de dados NoSQL desenvolvido pela Google), isso quer dizer que podemos colocar outro NoSQL para o Riak fazer persistencia, junto com core do Riak traz um ótimo recurso de escalar via rede. Riak Search é um sistema distribuído, facilmente escalável, tolerante a falha, em tempo real, full-text motor de busca construída em torno de Riak Core e totalmente integrado com Riak KV.

Thiago Avelino
17:40 às 18:30 Tornando as suas consultas no MongoDB 20 vezes mais rápidas em 15 minutos
Tornando as suas consultas no MongoDB 20 vezes mais rápidas em 15 minutos
Fabiane Bizinella Nardon
Em 15 minutos você aprenderá técnicas de otimização de consultas no MongoDB que podem tornar a sua aplicação até 20 vezes mais rápida. Partindo de uma aplicação real com uma base de dados gigante, nós vamos mostrar técnicas simples mas que fazem uma enorme diferença no tempo de resposta de consultas no MongoDB.

Fabiane Bizinella Nardon
MongoDB no mundo real
MongoDB no mundo real
Jean Carlo Nascimento
Explicar os beneficios da utilização do MongoDB em sistemas já existentes e em quais casos ele pode caber como uma luva. Demonstrar algumas partes específicas do MongoDB que resolvem problemas específicos, mas também mostrar como o seu conjunto pode resolver outros problemas em sistemas ja existentes.

Jean Carlo Nascimento
18:40 às 19:00 Encerramento e sorteios

* Todos os participantes receberão um sanduíche do SUBWAY na hora do almoço

Obs.: Grade sujeita a alteração

Alexandre Porcelli

Alexandre Porcelli


Alexandre Porcelli é programador profissional desde 1996, atuante na comunidade open source, sendo committer de projetos como Drools e líder do projeto OpenSpotLight. Envolveu-se extensamente com as tecnologias NoSQL e foi responsável pela organização do primeiro encontro brasileiro sobre o tema. Hoje atua como Engenheiro da Red Hat.


Christiano Anderson

Christiano Anderson


Christiano Anderson iniciou sua carreira em 1996, passando pelos principais provedores de internet do Brasil. Arquiteto de dados na Propus Data Science, palestrante, professor e consultor de bancos não relacionais com diversos projetos no Brasil e exterior. Colabora com os projetos MongoDB e ArangoDB.


Edward Ribeiro

Edward Ribeiro


Mestre em Informática pela Universidade de Brasília (2006), na área de sistemas distribuídos, e Bacharel em Ciências da Computação pela Universidade de Brasília (UnB). Lecionou em faculdades particulares do DF entre 2002 e 2008 e como professor substituto na UnB nas áreas de bancos de dados, sistemas distribuídos e sistemas operacionais. Trabalhou como servidor concursado no SERPRO, Superior Tribunal Militar (STM), TSE (eleições 2008), Câmara Legislativa do DF (CL-DF). Atualmente é servidor concursado do Senado Federal onde desenvolve sistemas web em Java.


Eder Ignatowicz

Eder Ignatowicz


Sr. Software Engineer @ RedHat Uberfire Lead



Tiago Albineli Motta

Tiago Albineli Motta


Formado em tecnologia da informação e pós graduado em gerencia de software pela Puc, desenvolve software a doze anos, sendo seis deles na Globo.com, onde hoje trabalha como lider técnico do Musica.com.br. Nas horas vagas aproveita para desenvolver novas funcionalidades para o webdemocracia.com, acompanhar exaustivamente 9gag e viajar entre rio de janeiro e minas gerais.



Vitor Monteiro Puente

Vitor Monteiro Puente


Consultor na OCTO Technology, Evangelista do uso de ferramentas open source e de metodologias ágeis, possui experiência em metodologias como eXtreme Programing (XP), Scrum, Kanban e atualmente estou participando do processo de implantação de DaD e Kanban em um grande player na área de seguros. Mais recentemente tenho atuado como editor do site InfoQ Brasil e comecei a estudar e participar do projeto HyperGraphDB


Otávio Gonçalves de Santana

Otávio Gonçalves de Santana


Otávio Santana (@otaviojava) is a developer and enthusiast of open source. He is an evangelist and practitioner of agile philosophy and polyglot development in Brazil. Santana is a JUG leader of JavaBahia and SouJava, and a strong supporter of Java communities in Brazil, where he also leads the BrasilJUGs initiative to incorporate Brazilian JUGs into joint activities. He is a cocreator and is also responsible for the Linguagil Group, merger of Java, Ruby, Python, and Agile groups that promotes agility across language-focused communities.



Thiago Avelino

Thiago Avelino


CTO da Nuveo e Matemático pela USP. Trabalha no dia a dia com inteligência artificial, rede neural e visão computacional. Com a necessidade de processar grandes volumes de dados o seu foco de pesquisa e desenvolvimento incluem Go, Python, sistemas distribuídos e concorrência.



Fabiane Bizinella Nardon

Fabiane Bizinella Nardon


Fabiane é uma cientista da computação com PhD em Engenharia Elétrica que adora criar aplicações disruptivas. Depois de ganhar um Duke's Choice Award no JavaOne'2005, foi eleita Java Champion, liderou a comunidade JavaTools do Java.net e é palestrante frequente em conferências no Brasil e no exterior. Atualmente, Fabiane se diverte nas empresas que ajudou a construir, seja criando aplicações de Data Science na TailTarget, ambientes de ALM na ToolsCloud ou histórias coletivas na StoryTroop.


José Papo

José Papo


José Papo é Developer Relations Program Manager no Google. Também já trabalhou na Amazon (AWS) e na Microsoft. É desenvolvedor de software, evangelista de novas tecnologias e mestre em engenharia da computação pelo IPT. Também atua como professor de pós-graduação na PUC-SP. Fala sobre tendências tecnológicas, computação em nuvem, agilidade, inovação e desenvolvimento de produtos em seu twitter @josepapo


Jean Carlo Nascimento

Jean Carlo Nascimento


É evangelista de novas tecnologias como NoSQL e Node.js as quais estão em voga atualmente; também palestra sobre Javascript, Frontend, PHP, Node.js e MongoDB. Organizador dos eventos FrontinSampa e Sampa.js. Atualmente esta iniciando sua empresa voltada em produtos, cursos, treinamentos e consultorias ao desenvolvimento de sistemas flexíveis e escaláveis com Node.js e NoSQL.


Data e Local

Quinta-feira, 5 de Julho de 2012

Das 8:30 às 19:00 h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Itaim Bibi, São Paulo - SP

Mais informações


Patrocinadores TDC 2012 SP Microsoft Oracle Amazon Web Services Concrete Solutions Nokia DevMedia Positivo PagSeguro Intel Software Google Plusoft InfoQ Brasil Octo Technology Esquilo.Mobi Anhembi Morumbi Globalcode